Adesão à vacinação contra influenza aumenta, mas cobertura ainda é baixa no Espírito Santo

Publicado em 19/05/2021 às 13:21

Compartilhe

O empenho da população capixaba para a imunização contra a Influenza já é observado na 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza no Espírito Santo, com aumento de 54% em doses aplicadas na última semana, segundo dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

O Estado apresentava uma média semanal de 39.000 aplicações da vacina Influenza desde o início da Campanha, em 12 de abril. Na última semana, entretanto, já contabilizou quase 60 mil doses aplicadas na população-alvo da primeira e segunda fase em sete dias, somando 260.824 doses aplicadas total.

“Apesar de ainda termos uma baixa procura pelas doses da Influenza e a cobertura vacinal estar abaixo do ideal, não podemos deixar de comemorar o aumento de doses aplicadas nesta última semana. É um esforço estadual, municipal, e da ajuda que temos recebido da mídia na divulgação. Além da compreensão da população-alvo sobre a importância de se imunizar”, celebrou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo.

De acordo com a coordenadora, esse aumento se dá também devido à abrangência da Campanha à população idosa. “A adesão do público idoso à vacinação contra a Influenza é extraordinária. Com início da segunda fase, na última terça-feira (11), na qual estão incluídos idosos e professores, temos essa tendência também de ampliar a vacinação. Mas não podemos esquecer que toda população da primeira fase ainda pode buscar informações em suas cidades para terem acesso à vacinação”, orientou.

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no dia 12 de abril em todo território brasileiro e acontecerá até o próximo dia 09 de julho. Atualmente, podem se vacinar a população prioritária da primeira e segunda fase da Campanha, que são crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos acima dos 60 anos e professores.

Cobertura vacinal ainda é baixa

Segundo dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, disponíveis no LocalizaSUS, do Ministério da Saúde, o Espírito Santo apresenta uma cobertura vacinal de 16,8%, um aumento de 33% em relação à última semana, quando o índice estava em 12,6%.

Apesar do aumento, o Estado encontra-se, nesta terça-feira (18), na décima primeira posição entre os estados com a melhor cobertura do país. O Brasil apresenta cobertura de 14,5%.

“É uma realidade preocupante em todo País, que vem apresentando baixas coberturas vacinais contra a Influenza. O ideal é que tivéssemos com uma cobertura de, ao menos, 30%”, informou a coordenadora Danielle Grillo.

Até esta terça-feira (18), a cobertura vacinal é de 52,1% para crianças; 47% gestantes; 56,2% puérperas; 78,4% indígenas; 28% trabalhadores da saúde; 6,3% idosos; e 5,1% para professores.

Chegada de doses ao Estado

Nesta terça-feira (18), o Espírito Santo recebeu uma nova remessa com 302.400 doses de vacina Influenza para serem distribuídas aos municípios, totalizando 960.000 doses no Estado para atender a uma população 1.119.926 de pessoas (total do público da primeira e segunda fase).

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, o Ministério da Saúde tem feito entregas escalonadas e semanais.

“Já recebemos 100% das doses referentes ao público da primeira fase e com a remessa dessa semana, chegamos a 75% de doses para o público da segunda fase. Entretanto, como sabemos da procura do público idoso à vacina da influenza é muito boa, temos orientado os municípios de utilizar as doses do grupo da primeira fase que ainda não foram se vacinar nesta população, e com a chegada de novas doses, repor”, disse.

Veja também

97962

Petróleo Brent atinge maior valor em três anos e pressiona Petrobras

97960

Cumbre Vieja: vulcão entra em etapa ‘efusiva’ e tendência é de fortes explosões

97958

Para segurança de Bolsonaro, GSI gastará R$ 146 mil em equipamento de mergulho

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Rio de Janeiro distribui 348,6 mil doses da vacina da Pfizer

97954

App Itaú oferece recarga de Bilhete Único em São Paulo

97952

Banco Central revisa expectativa de inflação para 2022 e ultrapassa a meta

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Vacinação covid-19: Rio de Janeiro distribui doses da Pfizer hoje

Saúde disponibiliza vacina contra meningite para crianças de até dez anos ainda não vacinadas em todo Estado