Zé Trovão vai ao STF pedir liberdade para exercer mandato na Câmara

Publicado em 04/10/2022 às 10:18

Compartilhe

Ze-Trovao-vai-ao-STF-pedir-liberdade-para-exercer-mandato-na-Camara

caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes , conhecido como Zé Trovão (PL-SC) foi eleito deputado federal  por Santa Catarina nas eleições de ontem (2) . Ele deve ir ao  Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana, tentar um acordo com a Corte para exercer o cargo na Câmara em 2023.

Zé Trovão é do mesmo partido do atual presidente Jair Bolsonaro e recebeu 71.140 votos nestas eleições . Ele foi preso em outubro de 2021 por incitação a atos antidemocráticos contra o STF . Em agosto do ano passado, o caminhoneiro se tornou alvo de uma investigação da Procuradoria-Geral da União (PGR), tendo a prisão preventiva decretada pelo ministro do Supremo, Alexandre de Moraes, em setembro.

A defesa de Zé Trovão disse que vão pedir ao STF a abolição ou, ao menos, a flexibilização de medidas, como a liberdade de locomoção. No momento, o apoiador do presidente não pode sair de Santa Catarina e é obrigado a usar tornozeleira eletrônica .

“O próximo passo, no âmbito jurídico, será comunicar oficialmente o STF da superveniência deste fato novo, objetivando a abolição ou, ao menos, a flexibilização das medidas, em respeito a vontade popular, consagrada nas urnas, para que possa livremente exercer seu mandato”, diz comunicado dos advogados Elias Mattar Assad e Thaise Mattar Assad.

Leia a nota dos advogados na íntegra:

“Nota à imprensa – Zé Trovão é eleito Deputado Federal por Santa Catarina.

Nosso escritório jurídico foi mobilizado para a defesa dos interesses do senhor Marco Antônio Pereira Gomes, conhecido nacionalmente como Zé Trovão.

Após árdua discussão jurídica, apresentação, prisão domiciliar e liberdade para transitar pelo estado de Santa Catarina e, por estar com seus direitos políticos íntegros, foi registrada sua candidatura e eleito como deputado federal pelo estado de Santa Catarina.

O próximo passo, no âmbito jurídico, será comunicar oficialmente o STF da superveniência deste fato novo, objetivando a abolição ou, ao menos, a flexibilização das medidas, em respeito a vontade popular, consagrada nas urnas, para que possa livremente exercer seu mandato.

Joinville, 3 de outubro de 2022.

Elias Mattar Assad – OAB/PR 9857
Thaise Mattar Assad – OAB/PR 80834”

Fonte: Portal iG

Veja também

agro-17-06-ft-AgroUrbano-maquina-secadora-cafe

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

geral-17-06-ft-Ricardo-Medeiros-terceira-ponte

Governo do Estado inicia remoção das cabines da Terceira Ponte

saude-17-06-ft-sesa

Neurocirurgia transformadora: a jornada de dona Florentina para recuperar a fala e a mobilidade

geral-17-06-ft-Reproducao-Agencia-Brasil-termometro

Inverno começa nesta semana com temperaturas acima da média

politica-17-06-ft-Paulo-Pinto-Agencia-Brasil-pl-aborto

Após PL do aborto na Câmara, Senado discute o tema nesta segunda-feira

brasil-17-06-ft-reproducao-chuvas-RS

Ministro presta suporte após temporal em São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul

producao-industrial

Produção industrial cresce 6,2% no Espírito Santo

incendio-instalacao-eletrica

Saiba como evitar incêndios em instalações elétricas