Vigilância Ambiental alerta para o cuidado com as arboviroses em Marechal Floriano

Publicado em 26/10/2022 às 14:35

Compartilhe

Vigilancia-Ambiental-alerta-para-o-cuidado-com-as-arboviroses-em-Marechal-Floriano

Texto: Tricia de Andrade e Kamila Friedrich

A Prefeitura de Marechal Floriano, através do serviço de Vigilância Ambiental da Secretária Municipal de Saúde, reforça a necessidade de redobrar os cuidados para impedir a infestação pelo mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

Os meses mais quentes e chuvosos do ano, a exemplo novembro e dezembro, representam um risco em potencial para multiplicação de criadouros de mosquitos devido ao aumento da temperatura e a ampla disponibilidade de água parada em muitas superfícies.

Confira abaixo o que você pode fazer para garantir a segurança da sua família:

DICAS DE CONTROLE DO MOSQUITO POR TIPO DE CRIADOURO

  • Pratinhos e jarros de plantas
    Evite deixar água parada. Adicione areia grossa aos pratinhos. Guarde em local coberto os jarros não utilizados.
  • Bromélias, ocos de árvores e folhas secas
    Verifique regularmente a existência de água parada em plantas. Mantenha as bromélias em local coberto. Remova a água parada. Evite deixar folhas secas no quintal para não acumular água.
  • Recipiente de degelo atrás da geladeira
    Se houver em sua geladeira a bandeja externa que acumula água de desejo, efetue a limpeza e secagem da água.
  • Calhas e muros
    Mantenha as calhas limpas e niveladas para evitar acúmulo de água. Tampe buracos em muros, especialmente se houver cacos de vidro.
  • Bebedouro de animais
    Vistorie os bebedouros de animais domésticos e de criação, se possuir, pois são um risco potencial para criação de mosquitos. Lave o recipiente com frequência.
  • Lixo, entulho, pneus e garrafas
    Procure descartar o lixo de sua casa em local adequado para ser recolhido pelo setor de limpeza urbana. Solicite o recolhimento de entulho e qualquer outro material que não tenha mais utilidade. Tudo o mais que não for descartar e que possa acumular água, guarde em local coberto.
  • Caixas d’água
    Verifique se sua caixa está bem fechada. Instale tela na abertura do “ladrão” para evitar a passagem de mosquitos. Lave a caixa d’água pelo menos a cada seis meses.
  • Imóveis em construção
    Se possui ou trabalha em imóvel em construção fique atento a lonas, copos, garrafas, lajes e toneis que estejam com água parada.
  • Balde, toneis, tanques, piscinas e águas de reuso
    Não deixe água parada em baldes e toneis sem utilização. Se precisar armazenar água, feche com lona, evitando a formação de poças. Mantenha o tratamento de piscinas e sua limpeza regular.
  • Ralos e sanitários
    Adicione cloro nos ralos e sanitários, especialmente naqueles com menor frequência de uso em sua casa ou local de trabalho. Se necessário, instale telas nas tampas dos ralos.

Fonte: Ascom PMMF

Veja também

geral-22-02-agencia-Brasil

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

brasi-22-02-defesa-civil-RS

Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do Espírito Santo e Rio Grande do Sul

policia-22-02-gov-es-drones

Drones ampliam a segurança nos complexos prisionais do Espírito Santo

brasil-22-02-freepik-estudante

Caixa anuncia concurso com mais de 4 mil vagas para todo o Brasil

geral-22-02-freepik-estudante

Fies Social financia até 100% de encargos para estudantes de famílias do CAD Único

esporte-22-02-gov-es

Paratleta capixaba representa o Brasil em Mundial de natação na Austrália

policia-21-02-pces

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

policia-21-02-mf

Bicicleta e moto são furtadas e um micro-ônibus é arrombado em bairro de Marechal Floriano