Vale-gás: Bolsonaro sanciona crédito de R$ 300 mi que libera benefício

Publicado em 23/12/2021 às 03:20

Compartilhe

110152


source
Jair Bolsonaro cumprimentando apoiadores na Praia Grande
Reprodução

Jair Bolsonaro cumprimentando apoiadores na Praia Grande

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira um projeto de lei que autoriza a abertura de R$ 300 milhões para o custeio do programa Auxílio Gás , lançado em novembro pelo governo federal.

A expectativa dos ministérios da Cidadania e da Economia é que a medida beneficie cinco milhões de famílias. O programa irá destinar um vale-gás de R$ 52 a cada dois meses para famílias com renda de até meio salário-mínimo (R$ 550).

O valor corresponde a pouco mais da metade da média do preço do botijão de gás de 13kg no Brasil. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o botijão tem sido vendido por cerca de R$ 100.

O aumento do preço do gás e dos combustíveis tem sido um dos principais pontos do discurso do presidente Jair Bolsonaro, que costuma se eximir de responsabilidade pela inflação e atribuir a culpa a prefeitos e governadores, seja pelos impostos estaduais que incidem sobre o preço do gás e do petróleo, seja pelas medidas restritivas adotadas para frear o avanço do coronavírus.

Segundo especialistas, entretanto, apesar da influência dos tributos e das consequências da pandemia do novo coronavírus, o valor do gás de cozinha aumentou sobretudo devido à desvalorização do real frente ao dólar, causado pela crise política pela qual o Brasil passa nos últimos anos e, recentemente, pela perspectiva de desajuste fiscal.

Fonte:

Veja também

Palio-atinge-caminhonete-em-trevo-da-BR-262-e-foge-do-local-do-acidente

Pálio atinge caminhonete em trevo da BR-262 e foge do local do acidente

112964

EUA recomendam que população use “máscara mais protetora possível”

112962

Pitbull faz “birra” toda vez que escuta uma bronca

© José Cruz/Agência Brasil

Covid-19: Rio de Janeiro começa vacinação de crianças nesta segunda

112957

Covid-19: Áustria terá vacinação obrigatória a partir de fevereiro

© Alex Sandro/TV Brasil

Brasil recebe segunda remessa de vacina pediátrica da Pfizer

112953

Lira diz que Senado deve ser cobrado por nova alta de combustíveis

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS