Uefa e Conmebol anunciam para junho “finalíssima” Argentina x Itália

Publicado em 28/09/2021 às 16:50

Compartilhe

© Reuters/Ricardo Moraes/Direitos Reservados


A campeã europeia Itália enfrentará a Argentina, vencedora da Copa América, em junho de 2022, na primeira edição de uma nova partida entre os campeões da Europa e da América do Sul, anunciaram a Uefa e a Conmebol nesta terça-feira.

“O acordo acertado pelas duas organizações cobre atualmente três edições desta partida entre os respectivos vencedores continentais”, disse a Uefa em um comunicado.

O local da partida não foi divulgado, nem um título oficial para a partida, mas uma fonte disse à Reuters que ela foi batizada provisoriamente de “Finalíssima”.

O anúncio veio depois que a Uefa e a Conmebol se pronunciaram fortemente contra os planos da Fifa de realizar uma Copa do Mundo bienal.

As partidas formam parte do que a Uefa chamou de uma “ampliação da cooperação” entre as duas entidades

“A organização desta partida é parte da ampliação da cooperação entre Uefa e Conmebol, que inclui especialmente o futebol feminino, o futsal e categorias juvenis, o intercâmbio de árbitros e esquemas de treinamento técnico”, disse a Uefa.

Não houve menção à Fifa, que organiza competições internacionais entre confederações diferentes em várias faixas etárias, assim como a Copa do Mundo.

A Uefa também anunciou que está montando um escritório conjunto com a Conmebol em Londres que ficará encarregado de coordenar “projetos de interesse comum”.

Veja também

Palio-atinge-caminhonete-em-trevo-da-BR-262-e-foge-do-local-do-acidente

Pálio atinge caminhonete em trevo da BR-262 e foge do local do acidente

112964

EUA recomendam que população use “máscara mais protetora possível”

112962

Pitbull faz “birra” toda vez que escuta uma bronca

© José Cruz/Agência Brasil

Covid-19: Rio de Janeiro começa vacinação de crianças nesta segunda

112957

Covid-19: Áustria terá vacinação obrigatória a partir de fevereiro

© Alex Sandro/TV Brasil

Brasil recebe segunda remessa de vacina pediátrica da Pfizer

112953

Lira diz que Senado deve ser cobrado por nova alta de combustíveis

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS