Tragédia: mãe e filho morrem eletrocutados em Afonso Cláudio

Publicado em 22/02/2022 às 14:45

Compartilhe

Tragedia-mae-e-filho-morrem

Texto: Kennedy Lenk/Foto: Arquivo de família

Uma tragédia sucedida na noite deste sábado (19) vai marcar para sempre a vida de parentes e amigos de mãe e filho que residiam em São Francisco, Distrito de Afonso Cláudio, região Serrana do Estado.  Mãe e filho morreram eletrocutados em uma cerca elétrica às margens do Rio Guandu.  Até às 23 horas, familiares ainda aguardavam pela liberação dos corpos.

Informações de parentes dão conta, que, dona Agda Dias Pereira havia saído no fim da tarde para pescar e estava demorando retornar. Foi então, que um sobrinho, Reginaldo Lamas, convidou o seu primo, José Augusto Cesconeto, que é filho de dona Agda, para juntos procurá-la. Quando chegaram próximo a uma vegetação no Rio Guandu, eles visualizaram dona Agda Dias Pereira agarrada a um arame farpado que conduzia eletricidade.  Ao ver a mãe caída, o filho, José Augusto Cesconeto, desesperado, tentou socorrê-la, mas acabou também morrendo eletrocutado próximo ao corpo da própria mãe.

 A tragédia poderia ainda ter sido maior, porque o sobrinho de Agda, quando viu sua tia caída e seu primo José Augusto sendo eletrocutado, tentou socorrê-lo, mas sofreu diversas descargas elétricas. Segundo ele, foram várias tentativas, mas os choques o impossibilitaram de salvá-lo, e também já era tarde demais, contou o rapaz, ao Jornal Diário ES.

“Minha tia saiu para pescar, estava demorando retornar e eu convidei o meu primo, que é o filho dela, o José Augusto, para procurá-la. Saímos em direção ao Rio Guandu ao encontro dela, ou tentando encontrar, não sei, mas como ela não respondia, a gente gritava. Imaginamos logo que o pior tivesse ocorrido, pensando inclusive que ela havia caído dentro do rio. Seguimos a caminhada por um milharal e vegetação, foi então que visualizei a minha tia caída segurando um arame farpado e meu primo, desesperado, foi ao encontro da mãe para socorrê-la,  e morreu no local”. Relatou Reginaldo Lamas ao Jornal Diário ES.

O Samu e a Polícia Militar foram ao local e aguardaram a perícia da Polícia civil para liberação dos corpos. Moradores no entorno, próximo ao Bistrô, localizado às margens da BR-484, de propriedade da família, estavam extremamente chocados e não acreditando que mãe e filho, tão queridos por todos, haviam perdido a vida desta maneira. Por meio das redes sociais, inúmeras pessoas deixam seus sentimentos de pesar e suas homenagens à família e amigos das vítimas.

Veja também

Morador-de-Afonso-Claudio-e-um-dos-mortos-no-acidente-ocorrido-na-BR-262-1

Morador de Afonso Cláudio é um dos mortos no acidente ocorrido na BR-262

Londres-rainha-Elizabeth-aparece-de-surpresa-em-inauguracao-de-metro

Londres: rainha Elizabeth aparece de surpresa em inauguração de metrô

Homem-e-preso-acusado-de-matar-o-cunhado-em-Brejetuba

Homem é preso acusado de matar o cunhado em Brejetuba

acidente-2-1

Mais um acidente na BR-262 envolvendo dois carros deixa uma mulher ferida

lula

PT e PSD negociam chapa em Minas Gerais para possível aliança nacional

Servidores-publicos-sao-qualificados-sobre-nova-Lei-de-Licitacoes

Servidores públicos são qualificados sobre nova Lei de Licitações

Carreta-tomba-na-Serra-do-Guandu-em-Afonso-Claudio-e-por-milagre-ocupantes-nao-se-ferem

Carreta tomba na Serra do Guandu em Afonso Cláudio e por milagre ocupantes não se ferem

Concluida-a-instalacao-da-nova-rede-de-agua-na-mais-longa-via-publica-de-Marechal-Floriano-1

Concluída a instalação da nova rede de água na mais longa via pública de Marechal Floriano