‘Tarado da moto branca” se entrega à polícia

Publicado em 21/10/2016 às 09:48

Compartilhe

O condutor da moto branca que estava importunando mulheres em Santa Maria de Jetibá se entregou espontaneamente na delegacia da cidade, na tarde desta quinta-feira (20).

Conhecido como o “tarado da moto branca”, Joel Zietlow, de 26 anos, confessou ter importunado e passado a mão nas partes intimas de três mulheres essa semana (segunda-feira e terça-feira) na calada da noite, enquanto as vítimas andavam pelo Centro.
 
Em conversa exclusiva com a reportagem do site Jetibá Online, Joel disse que se arrependeu do que fez e ficou com peso na consciência. Por isso estava se entregando. Ele confessou que havia bebido nos dias das contravenções e que está ciente que deve pagar por esses erros. De acordo com o delegado Diego Platyny Lima Bermond, ele admitiu também outros delitos que já haviam sido registrados e que o número de mulheres importunadas pode chegar a dez.
 
“Tudo indica que foi ele quem cometeu as outras infrações com mulheres na cidade. Gostaríamos que outras mulheres que passaram pela mesma situação viessem à delegacia prestar depoimento e confirmar se foi o mesmo meliante”, disse o delegado.
 
O delegado Diego explicou que, já que não houve flagrante, depois de prestar depoimento o rapaz seria liberado e o processo vai para a justiça. “Ele pode ser acusado por importunação, ofensiva ao pudor (contravenção) ou até mesmo o crime pode se configurar como estupro, já que, juridicamente, dependo da forma de abuso a uma mulher, como passar a mão nas partes intimas, pode se caracterizar como estupro, não somente o ato em si”, analisou. Nesses casos ele pode pegar até 10 anos de prisão.
 
Entenda o caso
  
Na última segunda-feira (17) moradoras de Santa Maria de Jetibá denunciaram que um homem em uma moto branca as atacou, passando a mão nas partes íntimas delas e tentando levá-las para locais escuros da cidade.
  
Nesse dia, duas mulheres foram abordadas por esse rapaz. Em uma delas, que não quis se identificar, o piloto chegou a dar um tapa em sua perna mas fugiu assim que viu um carro passando. Esse episódio aconteceu por volta das 22h40, na Rua Florêncio Augusto Berger.
  
Um pouco mais cedo, às 20h27, uma menina também foi abordada na Avenida Frederico Grulke, próximo ao Sindicato Rural. Um vídeo mostrou que na hora da abordagem o piloto caiu da moto, uma Bros de cor branca, e ela conseguiu fugir. Em ambas abordagens as mulheres estavam sozinhas.
  
Há relatos de que na terça (18) mais uma mulher foi abordada. Uma das últimas vítimas do criminoso, Gislayara Pagung, de 20 anos, afirmou ter sido atacada quando voltava para casa. O tarado, descrito como branco, alto e de olhos claros, em uma motocicleta branca e com capa de chuva preta, parou a jovem pedindo informação.
  
A vítima disse que logo depois o homem agarrou as nádegas dela e tentou arrastá-la para um local deserto. A jovem reagiu com socos e conseguiu se livrar do bandido, que fugiu em seguida. Gislayara conta que registrou ocorrência e publicou a situação nas redes sociais. Após a publicação, ela encontrou outras vítimas do “tarado da moto branca”.
 

O delegado Diego Platyny, explicou que os casos envolvendo ataques de um motociclista em uma moto branca já acontecem antes mesmo dele assumir a delegacia, em abril deste ano.
 
“Desde então, pelo menos 5 mulheres já registraram ocorrência. Nesta terça-feira recebemos duas meninas relatando que um um homem de moto branca passou a mão nas partes íntimas delas”, destacou o delegado.

Fonte: Jetibá Online

Veja também

geral-16-02-policlinica-pmmf

Vagas de emprego com salários de quase R$ 2 mil em Marechal Floriano

cultura-15-07-ft-divulgacao-candidatas-festa-morango

Seis jovens concorrem ao título de rainha da Festa do Morango

geral-15-07-ft-gov-es-confecao-roupas-unidade-prisional

Unidade prisional confecciona conjuntos em TNT para pacientes em situação de rua

brasil-15-07-ft-Reproducao-Redes-Sociais-PMERJ-eperacao-policial-Rio

Rio tem megaoperação policial em dez favelas na manhã desta segunda

mundo-15-07-ft-Rebecca-DROKE-ataque-Trump

Trump dá primeira entrevista após levar tiro: ‘Deveria estar morto’

geral-15-07-ft-Renan-Louzada-incendio-pedra-azul

Incêndio em Pedra Azul é combatido por equipes dos bombeiros

centro-cirurgico

Centro Cirúrgico 2.0: projeto para otimizar processos e garantir agilidade a quem precisa de cirurgia pelo SUS capixaba

ministerio-da-saude

Ministério da Saúde já realizou mais de 2.600 atendimentos à estados e municípios