Sustentabilidade e desenvolvimento econômico caminham juntos no Bandes

Publicado em 05/06/2023 às 12:37

Compartilhe

sustentabilidade

Instituído em 1972 pela Organização das Nações Unidas (ONU), o dia 05 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data tem o objetivo de reforçar todos os anos a importância de preservar os recursos naturais do planeta. O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), como instituição de fomento capixaba, ressalta o seu papel como promotor de um desenvolvimento equilibrado e sustentável no Espírito Santo.

Dia após dia, o banco capixaba vem aumentado a atuação com produtos e serviços que apoiam as práticas de ESG (Environmental, Social and Governance – ou em português, Ambiental, Social e Governança) das empresas capixabas e fortalecem o compromisso com a sustentabilidade do meio ambiente capixaba.

Atualmente, diversos produtos e serviços do Bandes ou apoiados pela instituição são voltados para o aumento dessas práticas no Estado, como as linhas de crédito produtivo Bandes Retomada e Bandes Solar; o programa ES Inteligente, com objetivo de desenvolver os municípios capixabas e melhorar o bem-estar social da população; o programa Reflorestar e o Fundo Social de Apoio à Agricultura Familiar (Funsaf), que tem a meta de preservar, renovar e prosperar a cobertura ambiental do Estado capixaba; e, também, a Jornada do Conhecimento e o apoio ao programa Mulheres Empreendedoras, que produzem conhecimento para empreendedores capixabas diversificarem e melhorarem as práticas organizacionais de suas empresas.

O Bandes oferece ainda outras linhas de crédito de investimento que apoiam a aquisição de maquinários sustentáveis com bons índices de eficiência energética, bom aproveitamento dos recursos hídricos ou que contribuam para a redução da emissão de gases de efeito estufa.

Recentemente, o Bandes lançou o edital de chamada pública do Programa Funses ESG de Desenvolvimento, que vai investir cerca de R$ 250 milhões com recursos provenientes do Fundo Soberano do Espírito Santo, aplicados por meio de subscrição de debêntures, destinados ao financiamento de projetos que intensifiquem o crescimento da economia estadual, o incentivo à inovação e à sustentabilidade nos setores da educação, energia, saúde e também no setor da indústria capixaba.

Dentro da fase classificatória do novo Programa, o critério ESG é o de maior peso, com 40%, no momento de aprovação dos projetos e com o intuito de selecionar os projetos que mais se destacam em termos de potencial de retorno e impacto socioambiental positivo. O edital de chamada pública ficará aberto até o dia 17 de julho para que as empresas possam se candidatar aos projetos.

“Atualmente, a adoção das práticas ESG tem se tornado cada vez mais fundamental para o crescimento das empresas, uma vez que consideram os impactos ambientais, sociais e de governança das operações empresariais. Essas práticas estão diretamente ligadas à sustentabilidade dos negócios e ao atendimento das expectativas dos stakeholders, como investidores, clientes, funcionários e a sociedade em geral. Por isso, estamos atentos aos cuidados que devemos ter com um desenvolvimento sustentável e responsável do Espírito Santo”, frisou o diretor de Administração e Finanças do Bandes, Sávio Bertochi Caçador.

Os benefícios da agenda ESG

As práticas ESG são uma abordagem para avaliar e monitorar o desempenho das empresas em três dimensões interligadas. Essas práticas são como um indicador de desempenho corporativo, levando em consideração não apenas a rentabilidade financeira, mas também o impacto social e ambiental da empresa e como ela é administrada.

As empresas que implementam práticas ESG contam com uma série de benefícios, como fortalecer sua reputação, atrair investimentos, mitigar riscos, melhorar a eficiência operacional, inovar em produtos e serviços sustentáveis, e estar em conformidade com regulamentações e normas. Essas práticas contribuem para o desenvolvimento sustentável das comunidades em que as empresas atuam, promovendo uma gestão responsável dos recursos naturais, o bem-estar dos funcionários, a igualdade de gênero, a diversidade e inclusão, entre outros aspectos importantes.

Com o apoio da agenda ESG, as empresas avaliam e gerenciam riscos em áreas que, tradicionalmente, não eram consideradas prioritárias para o sucesso financeiro. Assim, os negócios melhoram sua reputação, reduzem riscos de imagem e operacionais, atraem investimentos responsáveis e contribuem para o desenvolvimento sustentável e responsável das regiões onde estão inseridas.

Programa Funses ESG de Desenvolvimento
www.bandes.com.br/esg

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br/credito

Fonte: Governo ES

Veja também

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França

geral-14-06-ft-gov-es-arvore-fotovotaica

Parque Cultural Casa do Governador recebe árvore fotovoltaica

saude-14-06-ft-gov-es

Nova linhagem do Coronavírus foi detectada no Espírito Santo

policia-14-06-moto-roubada-mf

Motocicleta é furtada em Marechal Floriano e vítima diz que vai mudar de cidade

capa-coluna-vida-saudavel-2

Acidentes de trânsito, um problema de saúde pública

politica-14-06-ft-assessoria-Janete-de-Sa-Desportiva-Ferroviaria

Estádio da Desportiva Ferroviária poderá se tornar patrimônio cultural material do Estado

mundo-14-06-ft-Divulgacao-Queen-Elizabeth-Hospital-vacina-cancer

Vacinas contra o câncer estão em testes no Reino Unido