Especialista mostra como prevenir infarto

dino.com.br , 24 Março 2017

Especialista mostra como prevenir infarto

O IMEB - Imagens Médicas de Brasília (http://www.imeb.com.br), em seu canal do YouTube (https://www.youtube.com/user/clinicaimeb), esclarece assuntos de saúde de interesse público, indicando maneiras de prevenir problemas e quais os melhores exames para cada caso. No Especial Infarto, série de três vídeos sobre a doença cardiovascular, o médico nuclear Renato Barra, conta tudo o que você queria saber:

O infarto, também chamado de ataque cardíaco ou parada cardíaca, acontece quando o fluxo de sangue do músculo cardíaco é bloqueado, podendo matar o coração ou danificá-lo permanentemente. Ele está entre as doenças cardiovasculares que mais mata no mundo. No Brasil, o infarto é a principal causa de morte dentre as doenças cardiovasculares.

É possível prevenir o infarto – basta fazer acompanhamento com o cardiologista. Assim, identifica-se o risco de desenvolver a doença, prevenindo que ela aconteça.

A prevenção é feita com o check up médico anual, com exames de sangue, eletrocardiograma, teste ergométrico, ecocardiograma, cintilografia e outros exames.

É muito importante frequentar o cardiologista anualmente. Sabe-se que um em cada três adultos morre por causa de doenças cardiovasculares. O diagnóstico precoce, porém, pode prevenir esses quadros e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Portanto, pessoas com predisposição genética ou histórico familiar de problemas cardíacos devem frequentar o consultório cardiológico a partir dos 30 anos de idade. Quem não sofre dessa predisposição pode iniciar os check ups anuais a partir dos 40 anos de idade.

Como são os principais exames cardíacos?

O primeiro exame cardíaco que o médico realizará em você, provavelmente, será dentro do próprio consultório dele. Trata-se do eletrocardiograma. Ele mede os batimentos cardíacos do paciente em repouso.

Mesmo que ele venha normal, é comum o cardiologista solicitar um teste ergométrico. Esse deve ser marcado em um laboratório, pois ele é feito em uma esteira e mede os batimentos cardíacos e as reservas cardíacas.

O ecocardiograma é outro exame importante. Trata-se do ultrassom do coração, que verifica se suas medidas estão normais.

Se algum desses exames apresentar um resultado diferente da normalidade, será necessário realizar outros exames, como a cintilografia e o cateterismo. Para o primeiro, é preciso injetar na veia um isótopo radioativo. Isso permitirá alta qualidade das imagens e o médico conseguirá analisar se existem pontos obstruídos.

O cateterismo é um exame um pouco mais complicado, em que é necessário passar um cateter nas artérias coronárias e injetar contraste. Em seguida, as imagens mostrarão toda a vascularização do coração.

Existem ainda as Tomografias Computadorizadas das artérias coronárias. São como raios x tirados em 3D, que possibilita que o médico verifique as artérias por completo. Esse exame pode substituir o cateterismo em alguns casos, pois é mais seguro que ele e não é invasivo.

Dicas para prevenir o infarto

Seus hábitos de vida influenciam na saúde do seu coração e na sua qualidade de vida.

Para prevenir o infarto agudo do miocárdio, siga as dicas do especialista do IMEB, Renato Barra:

1. Pare de fumar. O tabagismo faz mal para diversos órgãos. Entre eles, o coração.
2. Controle sua pressão arterial. Se você sofre de hipertensão, não deixe de tomar seu medicamento no dia a dia.
3. Controle seu colesterol, ou seja, sua taxa de gordura no sangue. Mantenha uma dieta saudável e pratique exercícios físicos.
4. Se você sofre com diabetes, consulte seu médico regularmente e evite comer alimentos que aumentem a taxa de açúcar no sangue. Tome sua medicação no dia a dia.
5. Pratique atividade física regularmente. O sedentarismo é prejudicial à vida.
6. Mantenha seu peso ideal – sempre de acordo com sua idade e estatura. Evite engordar e emagrecer direto.
7. Evite comer frituras e gorduras. Alimentação saudável é amiga do coração.
8. Não beba. As bebidas alcoólicas fazem mal e precisam ser consumidas moderadamente.
9. Controle seu estresse e sua ansiedade.
10. Consulte um cardiologista anualmente.

Para mais informações sobre infarto ou outras doenças, consulte o canal do YouTube do IMEB - Imagens Médicas de Brasília (https://www.youtube.com/user/clinicaimeb) ou acesse o site da clínica para tirar as suas dúvidas (http://www.imeb.com.br). Vale lembrar que o IMEB é uma clínica especializada em exames de diagnóstico por imagem, como Tomografia, Ressonância e Cintilografia.

confira botao coluna 2

 

Histórico