Mulher é morta a facadas após ser mantida refém em Domingos Martins

Um homem que havia fugido de uma penitenciária do Espírito Santo matou a jovem Tatielli Venancio da Silva, 22 anos, em Domingos Martins, após a manter refém e sob ameaças dentro de sua casa, na Sede de Domingos Martins. O acusado do crime é tio do marido da vitima. Ele foi recebido na residência, pela família, no último dia 7. No sábado (11), ele cometeu o crime. 

De acordo com informações da Polícia Militar, no início da noite do último sábado, uma pessoa entrou em contato por meio do numero 190, informado de que um homem estaria com uma faca ameaçando uma mulher e tentando colocar fogo na casa com três crianças dentro.

Ao chegar ao local, um homem disse aos policiais que sua irmã, o cunhado e três crianças estavam correndo risco, pois um homem, que era parente da família e estava hospedado na casa, mantinha um casal e três criaças em cárcere privado, armado com uma faca, ameaçando matá-los e também colocar fogo na casa.

Diante da situação, os militares prosseguiram com o homem que fez a denúncia até uma quitinete onde o acusado estava ameaçando a família. Foi necessário romper a porta para entrar na residência. Ao entrarem, os policiais visualizaram o acusado esfaqueando Tatielli. Nesse momento, os policiais e o homem que ligou para a PM seguraram o agressor e o imobilizaram. Ele estava com a faca na mão e bastante nervoso.

Durante a ação, um dos militares, o solicitante e o marido da vítima foram atingidos pela faca, mas sem gravidade. Tatielli, mãe de três crianças - que assistiram ao esfaqueamento -, foi atingida no pescoço, na axila e no abdômen, sendo atendida no local pela equipe do SAMU, e transportada para o Hospital Dr. Arthur Gerhardth, onde foi atendida e encaminhada ao centro cirúrgico. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

Moradores da região onde aconteceu o crime informaram que o acusado queria matar a irmã da moça assassinada, por vingança. Segundo testemunhas, o acusado culpava a mulher pela morte de um parente, que cometeu suicídio.

O acusado foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Venda Nova do Imigrante, juntamente com a faca usada nos crimes. Na delegacia foi constatado que o agressor é fugitivo do sistema penitenciário do Estado do Espírito Santo. O delegado de Domingos Martins, Geraldo Peçanha, informou que o homem será indiciado por homicídio.