Grande volume de água do Braço Sul se mantém no leito em Marechal Floriano

Faltando mais de um metro para retornar ao meio da rua como aconteceu na semana anterior, o Braço Sul do Rio Jucu surpreende os moradores apresentando uma forte correnteza e com as margens laterais isentas dos tradicionais matagais rasteiros ou impedimentos quaisquer que possam reduzir o poder de vazão e determinar em enchente em Marechal Floriano.

Grande volume de água do Braço Sul se mantém no leito em Marechal FlorianoMas mesmo assim, moradores ainda lançam restos no leito do rio, que já foram carregados pelas correntezas das águas que se juntam ao Braço Norte e formam finalmente o Rio Jucu, onde se destaca a existência de uma barragem importante para produção e distribuição de energia elétrica.

A moradora Frida Schneider afirma que há muitos anos não vê uma época tão chuvosa como essa que acontece na atualidade trazendo prejuízos para moradores dos municípios vizinhos e até casos de morte como ocorreu no Sul do Estado.

“Nós tivemos muita sorte porque as águas do Rio Braço Sul apresentam uma velocidade impressionante formando uma vazão forte e somente dessa forma não invadirá as ruas da cidade e nem os plantios em áreas baixas do interior, como ocorreu nos outros municípios”, disse.

Opinião semelhante é de Ilda Stein que acompanha os noticiários e se impressiona com a situação de Marechal Floriano e Domingos Martins, cujos moradores não sofreram como os municípios vizinhos onde até a morte chegou para entristecer ainda mais quem perdeu os bens.