Eu não gosto de abóbora

Anaximandro Amorim , 05 Junho 2017

Eu não gosto de abóbora

Esses dias, o brasileiro presenciou algumas indigestões. Uma delas, foi a da atriz Taís Araújo que, durante o programa da Ana Maria Braga, recusou-se terminantemente a experimentar um prato que levava abóbora. A outra, foi a delação (super) premiada dos irmãos Joesley e Wesley, da JBS. Haja sal de fruta!

Taís, você não está sozinha! Eu também não gosto muito de abóbora. Mas, dependendo do prato, até que eu aguento! A atitude da atriz, para além da polêmica, me fez pensar em como a gente é ensinado a mentir. Atire a primeira pedra quem nunca segurou a respiração e botou goela adentro aquilo de que nunca gostou, só em nome da tal da “boa educação”. Eu mesmo, enjoado para comer tudo o que meu paladar, ainda preso na adolescência, não curte. É certo que, o que “pegou” não foi o fato de a Taís gostar ou não do fruto, mas da negativa veemente, o que me faz pensar: até que ponto a gente deve ou não tolerar o que a gente não gosta? Será que a atriz exagerou na dose? Ou será que quem faz bem demais ao outros, faz mal a si próprio, como diria o ditado? Caso a se pensar...

Se fosse um churrasco, eu, no entanto, topava na hora! Só não me venha com Friboi, pelo amor de Deus! Amigo leitor, como estou com raiva dessa gente! Não vou entrar aqui em questões de ordem político-partidárias e outras coisas do tipo, mas, dois irmãos de nome Wesley e Joesley, vindo de Goiás, fariam melhor se montassem uma dupla sertaneja, ainda que eu não suporte o estilo. Talvez não tivessem feito uma patacoada tal que só me faz pensar como tradicionalmente às elites brasileiras carece, além de vergonha na cara, o nacionalismo. Livre, leve e solto nos EUA, Joesley administra suas empresas. A nós, o populacho, de avisar ao Tony Ramos que é melhor ele continuar fazendo novela, além de não comprar nada vindo da JBS. O problema é como, se até as Havaianas que estão no meu pé são deles!

Dentre essas e outras, acho que viro vegano. Se bem que, não gosto de abóbora. Gosto de carne, mas, se for Friboi, nem pensar! Assim, não faço ideia do que comer. Na verdade, como muitos dos brasileiros, acho que ando sentindo é muita indigestão do que está rolando. Melhor pedir um Engov. Ou uma banana, de preferência, para dar a todos aqueles que historicamente se fartaram do lauto banquete dos poderosos e que agora andam vomitando suas mazelas em cima de nós.

confira botao coluna 2

 

Histórico