Apenas dois pré-candidatos confirmaram a disputa à Prefeitura de Alfredo Chaves. O atual prefeito Fernando Lafayette (PSB) confirmou que tentará a reeleição. Assim como ocorreu em 2016, o empresário Ronaldo Bianchi (Republicanos) será o único concorrente de Lafayette ao cargo máximo da política alfredense, quando ele perdeu por apenas 378 votos para o atual prefeito.

O deputado federal Felipe Rigoni divulgou nesta terça-feira (15) a lista de finalistas do edital de emendas parlamentares, no valor de R$ 12 milhões. Avançaram para a última etapa 57 projetos, que serão escolhidos em votação popular aberta no aplicativo “Tem Meu Voto” a partir do dia 22. Ao todo, 27 municípios de seis microrregiões do Espírito Santo estão representados na final.

Começou nesta quinta-feira (17) o período para que emissoras de rádio e televisão passem a observar as restrições ao conteúdo que transmitem sobre candidatos, partidos políticos e coligações. A medida, que deverá ser adotada até o dia 29 de novembro, também impede qualquer revelação de posição política de eleitores.

A Caixa Econômica Federal estabeleceu novas regras para suspensão temporária dos pagamentos dos agentes financeiros ao FGTS, em operações vinculadas aos financiamentos de habitação popular. A suspensão temporária foi decidida pelo Conselho Curador do FGTS no começo de setembro e permitiu uma paralisação de 120 dias no pagamento das parcelas do financiamento pelos mutuários.

O governador do Estado, Renato Casagrande, sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do Governo do Espírito Santo para 2021, aprovada pela Assembleia Legislativa. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (17). A LDO dispõe sobre diretrizes para a elaboração da lei orçamentária referente ao exercício financeiro de 2021 e compreende, entre outros aspectos, as metas e prioridades da administração pública, a estrutura e organização dos orçamentos, e diretrizes para elaboração e execução do orçamento do Estado.

O mercado político de Domingos Martins está fervendo nos últimos dias, com as definições das pré-candidaturas dos nomes que disputarão a prefeitura. Até esta quinta-feira (17), quatro nomes estavam confirmados como pré-candidatos a prefeito. Três homens e uma mulher estão na disputa pelo cargo máximo da política martinense.

A expectativa ainda é sobre a confirmação da candidatura do atual prefeito Wanzete Kruger (PP), que está em seu terceiro mandato. De acordo com o presidente do PP, Djalma Locateli, o prefeito ainda está em conversas para decidir se disputará a reeleição. Já o PSDB, partido do atual vice-prefeito Romeu Stein, anunciou o nome de um vereador do município como pré-candidato para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições deste ano.

NOVIDADE - Uma das principais novidades na política local deste ano é a pré-candidatura do administrador Fernando Figueiredo de Araujo (PDT), 59 anos, morador de Pedra Azul, tendo como vice o jovem arquiteto Luan Neves, 27, morador de Paraju. Luan é do mesmo partido de Fernando, e ambos nunca concorreram a cargos públicos.

Fernando

Durante convenção realizada ontem (16), Fernando definiu que é pré-candidato e informou hoje o nome de seu vice. Formado em Administração de Empresas, pós-graduando em Economia e Gestão Pública, Fernando é funcionário da Petrobras na área de planejamento e operação na produção de petróleo e gás e apicultor e produtor artesanal de cera alveolada em Pedra Azul.

MULHER NA DISPUTA – Outra novidade neste ano é a pré-candidatura de uma mulher ao cargo de prefeita de Domingos Martins. Daiane de Oliveira (Republicanos), 37, é formada em Administração e pós-graduada em Marketing. Ela é filha do ex-vereador Osmar José de Oliveira, eleito três vezes e que já presidiu a Câmara Municipal, e irmã do atual vereador Silvestre Alves de Oliveira.

Daiane ok

Daiane, que mora na Sede, é servidora pública e já atou nas secretarias municipais de Assistência e Desenvolvimento Social, de Turismo e de Educação e Esportes. Mesmo com a experiência da família na política, é a primeira vez que Daiane irá disputar uma eleição. O nome do vice-prefeito ainda está sendo escolhido entre os partidos de apoio da pré-candidata. O PSB e o Patriotas também integram o grupo.

COMERCIANTE E PISCICULTOR - Atual vereador, o comerciante Eduardo José Ramos, o Edu (PSDB), morador de Santa Isabel, confirmou seu nome como pré-candidato a prefeito do município, tendo como pré-candidato a vice-prefeito o piscicultor e ex-presidente do Sindicato Rural do município, Flávio Wruck (PTB), morador de Soído de Cima. O partido Cidadania também integra o grupo.

Edu e Flávio

As convenções dos partidos foram realizadas na última terça-feira (15). Ramos já concorreu ao cargo de vice-prefeito e já foi eleito em outras legislaturas como vereador. Segundo os candidatos, a união dos dois foi formada principalmente porque eles comungam dos mesmos objetivos. 

VEREADORES UNIDOS – Moradores da sede do município, os atuais vereadores Diogo Endlich (PV) e Nelson Soares (Rede), o Peito Liso, se uniram e pretendem disputar a eleição na chapa majoritária deste ano no município. Diogo foi lançado oficialmente como pré-candidato a prefeito e Peito Liso como vice-prefeito, após as convenções partidárias realizadas na última terça-feira.

Peito e Diogo

Além dos dois partidos, ainda integra o grupo o PSL. A parceria da dupla começou em 2017, quando ambos se elegeram vereadores pela primeira vez. Diogo é o atual presidente da Câmara Municipal. Os pré-candidatos informaram que toparam o desafio de concorrerem, acreditando no apoio popular e na resposta nas urnas sobre o trabalho realizado como vereadores.