Motoristas de 15 cooperativas de transporte realizam protesto em vários municípios

Dezenas de motoristas de vans e ônibus escolares realizam um protesto, na manhã de hoje (7), reivindicando apoio dos governos municipais, estadual e federal devido à paralisação dos transportes desde o início da pandemia do coronavírus. Representando 15 cooperativas de transportes, os motoristas saíram de diversos municípios, como: Afonso Cláudio, Brejetuba, Santa Maria de Jetibá, Marechal Floriano, Domingos Martins e outros. Todos seguiram, na manhã de hoje, em direção à Grande Vitória.

A reportagem do Portal Montanhas Capixabas acompanhou a passagem, por Campinho, Centro de Domingos Martins, de dezenas de veículos de transporte escolar. Um carro com som estava à frente da carreata, que passou pela avenida principal da cidade e, em seguida, seguiu para Vitória e Vila Velha. Veja abaixo o vídeo sobre a passagem em Campinho dos veículos.

O presidente da Coop Serve, Claudionor Justino de Almeida, informou que o movimento representa a luta de diversas famílias, que dependem do transporte escolar, e que estão desde março sem renda. Segundo ele, muitas pessoas tiram seu sustento exclusivamente do serviço de transporte escolar, e estão passando dificuldades devido à paralisação das aulas.

 

“Não estamos pedindo a volta das aulas, mas estamos sem nenhum amparo e precisamos de um auxilio nesse momento delicado. Não conseguimos o auxilio do governo federal. Esse movimento vai reunir cooperativas de todo o Estado. Vamos rodar em Vitória e Vila Velha, passando em frente ao Palácio do Governo e da Assembleia Legislativa”, destacou. Veja abaixo a entrevista concedida por Claudionor ao Portal Montanhas Capixabas.

Claudionor disse, ainda, que muitas motoristas estão trabalhando como ajudante de pedreiro, em lavouras e alguns não conseguiram emprego. O motorista Julio Cesar Fernandes, que tem uma van e trabalha no transporte de estudantes em Domingos Martins, também relatou a dificuldade da classe.

 

“Eu tenho uma segunda renda, mas é uma dificuldade muito grande, pois temos prestação do carro para pagar, temos os compromissos assumidos, e estamos sem ajuda. Não tivemos a isenção nem do IPVA nesse período. Tenho amigos que estão passando dificuldade, pois dependem exclusivamente do transporte escolar. Não estamos pedindo a volta às aulas, mas de um auxilio. Teve motorista que precisou vender o carro e não deve nem voltar para a atividade”, lamentou.

Motoristas de 15 cooperativas de transporte realizam protesto em vários municípios 3 Claudionor e Julio atual na Coop Serve, que presta serviço em Domingos Martins

De acordo com a coordenação do movimento, a concentração estava programada para acontecer a partir das 10h30, na BR-101 (sentido Cariacica x Serra), na via lateral da rodovia, entrando no Posto Serramar. A carreata irá passar pela reta do antigo aeroporto, pelas avenidas Fernando Ferrari e Nossa Senhora da Penha, seguindo pela Terceira Ponte e pela rodovia Carlos Lindemberg, em Vila Velha.

Em seguida os veículos passarão pela Segunda Ponte, em frente ao Palácio Anchieta, seguindo pela avenida Beira Mar até passar em frente à Assembleia Legislativa. Os carros prosseguirão até a avenida Dante Michelini (Praia de Camburi), onde o movimento será encerrado.