Árvore caída na linha férrea ao lado da estação de Marechal Floriano

Houve constatação de situação de perigo numa visita técnica à árvore caída durante um dos temporais na semana anterior sobre a linha férrea, ao lado da antiga estação ferroviária de Marechal Floriano. A árvore é espinhenta e poderá causar ferimentos a quem nela tocar. O vegetal será cortado com motosserras por servidores da Secretaria de Interior e Transportes de Marechal Floriano.

Árvore caída na linha férrea ao lado da estação de Marechal FlorianoA visita técnica foi realizada pelo engenheiro civil Antônio Peruch, da Prefeitura Municipal, que constatou a existência de uma grande quantidade de espinhos que podem ser perigosos para as crianças que brincam sempre às proximidades da antiga estação ferroviária, onde a árvore se encontra ainda.

“Ao descobrir os espinhos não tive dúvidas: não aguardarei os funcionários da ferrovia, porque uma criança pode querer brincar com os galhos e sofrer perfurações nos membros superiores e nos inferiores”, disse Peruch que imediatamente entrou em contato com o secretário de Interior e Transportes Abraão Kiefer.

Peruch informou que disponibilizará servidores especializados em corte de árvores utilizando equipamentos apropriados. “Ainda nessa semana o perigo com a árvore que está caída sobre a linha será encerrado antes que uma criança ou um adulto possam se ferir”, afirmou o engenheiro.

Para o morador aposentado Mauro Stein, a remoção da árvore é uma atitude correta do engenheiro Peruch, que constatou a existências de espinhos nos galhos que já estão encostados no piso da linha férrea e se preocupou com a segurança das crianças principalmente que brincam naquele trecho. “Como não há trens, os pais concedem o espaço aos filhos para brincarem, quando poderão se ferir com os espinhos”.

O comerciante Jonas Buss credita ao engenheiro Peruch o bom senso e a responsabilidade como servidor municipal no momento. “Conheço esse tipo de vegetal desde que residia em Afonso Cláudio e sei também do perigo que causa naquele local à quem se aproxima porque os espinhos são em grande quantidade”, disse.