Bibliotecas capixabas participarão de programa nacional de estímulo à transformação social e digital do país

A Biblioteca Pública Estadual do Espírito Santo (BPES), juntamente com as bibliotecas de Marechal Floriano, Fundão, Nova Venécia, Vila Valério e Cariacica, farão parte do programa de estímulo à transformação social e digital das comunidades por meio do protagonismo das bibliotecas e dos jovens no país, o Recode Bibliotecas. O programa, que terá duração de um ano, vai auxiliar e inserir uma série de ações voltadas ao fortalecimento das práticas culturais nestas instituições.

Além de desenvolver novos cursos ligados à tecnologia e inserção do jovem no mercado de trabalho, a parceria irá trazer práticas de formação para os profissionais da biblioteca, pesquisa para compreender as demandas da comunidade, estratégias de comunicação e gestão participativa com instituições que são voltadas à troca de conhecimento, entre outras atividades.

De acordo com a diretora da BPES, Ana Maria Silva, a seleção é um reconhecimento do esforço destas instituições em realizar práticas inovadoras em sintonia com as demandas locais.

“O programa ‘Recode Bibliotecas’ têm demonstrado como as bibliotecas públicas podem ser cada vez mais relevantes no contexto da transformação digital, tornando-as recursos vitais para o desenvolvimento das comunidades. É uma grande alegria saber que atualmente treze bibliotecas no Estado fazem parte do referido programa, fato que certamente contribuirá para o fortalecimento do Sistema Estadual de Bibliotecas do Espírito Santo. ”

ONG Recode

A Recode trabalha desde 2015 no apoio e fortalecimento a 200 bibliotecas de todas as regiões do Brasil. Desde então foram criados 138 comitês de jovens e 90 novas programações implementadas a partir da escuta da comunidade, com cerca de 12 mil pessoas contempladas.

A iniciativa da parceria entre a ONG Recode e a BPES busca atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente aos Objetivos (4-Educação de Qualidade) e (8-Emprego Digno e Crescimento Econômico). O programa está alinhado ao Plano Nacional do Livro e Leitura, tem a parceria do Movimento Bem Maior, com apoio do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e dos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas.

Aqui no Estado, as melhores práticas de novas programações foram reconhecidas e integraram a primeira edição da publicação “Bibliotecas Transformadoras”, incluindo as instituições localizadas em Cariacica, Domingos Martins e Jaguaré.