Um traje típico pomerano

Folha Pomerana Express , 27 Junho 2017

Um traje típico pomerano

Se considerarmos que a Pomerânia tinha 500 km de costa banhada pelo mar Báltico e seu nome significa terra junto ao mar (po more https://de.wikipedia.org/wiki/Pommern – Das Land am Meer), podemos afirmar que as comunidades mantinham uma relação muito próxima com o litoral. O peixe certamente era fonte de renda e muito presente na alimentação. Nosso Heringsbrot (pão com ovo e sardinha/arenque) é um prato que até hoje ainda consumimos aqui no Vale Europeu [Santa Catarina], uma clara influência dos nossos ascendentes pomeranos. A Pomerânia apresentava belas praias, muito convidativas para banhos de mar, margeadas de altos pinheiros e florestas próximas - inevitável não pensarmos em ilhas, navios, barcos e redes cheias de peixes.

traje pomerano 1

Nesse cenário, o pescador pode ser considerado o personagem principal; além da prática da pesca, acabava também conciliando sua atividade no campo, ou seja, eram pescadores e agricultores. Na ilha de Rügen por exemplo, uma das mais conhecidas da antiga Pomerânia, de uma densidade demográfica baixa e atualmente classificada como a maior da Alemanha, essa “dupla jornada” de pescador e agricultor era muito comum. Neste pedaço de terra, cercada de mar, praias e rica em florestas, predominavam as cores azul, branco e o verde.

traje pomerano 2

Se o azul e branco são as cores oficiais da Pomerânia, quando falamos de trajes típicos, a paleta de cores é bem mais ampla. Esta terra, com as suas muitas lagoas também é conhecida como a “terra dos mil lagos”. Predominantemente os trajes pomeranos apresentam certo colorido e, conforme destaca Philipp von Bismarck, é a expressão da alma deste povo. Para Haenel, Saenger e Hackbarth no livro Pommersche Volkstrachten, o traje típico que melhor representa as vestimentas características das comunidades litorâneas é o Mönchguter Fischertracht da ilha de Rügen. Esse traje ainda era utilizado na Pomerânia no século XX; há registros de que em 1908 ainda havia 80 homens e 156 mulheres que utillizavam o traje no cotidiano.

traje pomerano 3Importante destacar que um traje típico é resultado de um processo de expressão da união de um grupo étnico ao longo dos séculos, desta forma, trajes típicos são classificados como verdadeiras expressões culturais.

No caso do traje Fischertracht, é curioso observar que no masculino: as calças largas eram de tecido impermeável; desta forma, a água durante a pesca “respingava” nas mesmas, mas não molhava a vestimenta debaixo, o que era importante, se considerarmos as baixas temperaturas da região. A calça, geralmente branca, quando fosse necessário entrar no mar em outra oportunidade, também poderia ser de linho; assim, sendo bem larga, secaria mais facilmente. Além disso, de acordo com José Heinemann, a camisa utilizada debaixo do colete do Fischertracht proveniente de cidades vizinhas da ilha de Rügen possuíam diferentes cores e listras (verticais ou horizontais). Cabe ressaltar que os registros demonstram que não há dúvida quanto ao uso do Fischertracht no cotidiano dos pomeranos.

traje pomerano 4Em Pomerode, o grupo folclórico Pommersche Volkstanzgruppe (Grupo Folclórico Pomerano) faz uma homenagem ao pescador pomerano e tem como um dos trajes oficiais o Mönchguter Fischertracht; além disso, apresenta danças da região litorânea, como a Matrosentanz (Dança dos Marinheiros). A preservação do uso deste traje tipicamente pomerano é mantida pelo grupo folclórico em suas apresentações, trajes estes que se mantêm fiéis aos que eram utilizados até meados do início do século passado na antiga Pomerânia.

Para quem tiver interesse em participar do Grupo Folclórico Pomerano e preservar as tradições de seus ascendentes, contacte Denis no fone (047 99135 3306), Luciano (047 98484 5916) ou Sandra (047 99962 8273), ou ainda, acesso no Facebook: pommersche.volkstanzgruppe

confira botao coluna 2

 

Histórico