Sinfônica do Espírito Santo apresenta ‘Concerto para dois pianos e orquestra’

Publicado em 04/04/2024 às 09:39

Compartilhe

cultura-04-04-div-gov-es

Silvia de Lucca é compositora de “Em Memória”, uma das obras apresentadas pela Oses (Foto: Divulgação)

A Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) apresenta, nos dias 5 e 6 de abril, um repertório pianístico com “Suite Vila Rica”, de Mozart Camargo Guarnieri, “Concerto para dois pianos e orquestra em ré menor”, de Francis Poulenc, e “Em Memória”, de Silvia de Lucca. Sob regência do maestro adjunto, Sanny Souza, a orquestra receberá os pianistas convidados Linda Bustani e William Lizardo no palco do Sesc Glória, no Centro de Vitória.

À venda na bilheteria do Sesc Glória e também on-line, os ingressos custam R$ 20 (inteira), R$ 15 (conveniado), R$ 12 (cartão empresário) e R$ 10 (meia-entrada para comerciário ou mediante apresentação de 1kg de alimento não perecível).

Com patrocínio do Instituto Cultural Vale, viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura (MinC), o espetáculo é uma realização é da Cia de Ópera do Espírito Santo (Coes), da Oses e da Secretaria da Cultura (Secult), em parceria com a Fecomércio e o Sesc.

Repertório 

Escrita em 1993, pela compositora Silvia de Lucca (1960), “Em Memória” apresenta em sua primeira parte a proposta de uma marcha fúnebre estilizada, de meditação sonora reticente e fragmentada sobre as sensações, impressões e significados da subjacente dor, incluindo menções ao conhecido tema “Dies Irae” (Dia de Ira), do famoso hino latim do século XIII. “Em contraste, porém sem perder a dramaticidade, a segunda parte se dinamiza para simbolizar a morte como uma heroica e determinada passagem para outra dimensão, em múltiplas maneiras que deem conta de representar uma transformação tanto concreta como etérea”, afirma a compositora.

“Concerto para dois pianos e orquestra em ré menor” foi escrito em 1932 por Francis Poulenc (1899-1963). O autor acreditava ter atingido sua maturidade com essa obra, que evidencia influências de compositores de sua época e que o antecederam. Isso se verifica no andante, nitidamente mozartiano, e nos demais movimentos, com a presença de Stravinsky, pela força rítmica, e de Rachmaninov, pelo lirismo. Além disso, o compositor volta o seu olhar para o jazz, finalizando o concerto com grande virtuosismo pianístico.

Mozart Camargo Guarnieri (1907-1993) escreveu “Suíte Vila Rica” em 1957, a partir da trilha sonora que compôs para o filme “Rebelião em Vila Rica” (1958). É perceptível a busca de Guarnieri por elementos rítmicos e melódicos ligados à identidade brasileira, presentes em modinhas, toadas, cantigas infantis, rodas das violas caipiras e danças de origem africana. Composta por dez movimentos, a suíte pontua as diversas cenas do filme.

Os solistas 

O premiado pianista capixaba Willian Lizardo (Foto: Divulgação)
O premiado pianista capixaba Willian Lizardo (Foto: Divulgação)

Willian Lizardo é bacharel em Música pela Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ao longo de sua formação, foi orientado por nomes importantes do piano brasileiro e atualmente recebe intensa mentoria artística da prestigiada pianista Linda Bustani. 

Apresentou-se em diversas salas de concerto, como solista e também como camerista. Foi premiado nos concursos Villa-Lobos e Souza Lima. Em 2021, recebeu o prêmio “Melhor Intérprete de Alberto Nepomuceno” no 1° Concurso Internacional do EIPOC, de Portugal, e, em 2023, conquistou o primeiro lugar na categoria concerto no 3° Concurso GruPiano da Orquestra Sinfônica de Guarulhos, São Paulo, interpretando o “Concerto para piano e orquestra op. 11”, de Frédéric Chopin.

Linda Bustani, expoente do piano no Brasil (Foto: Cicero Rodrigues)
Linda Bustani, expoente do piano no Brasil (Foto: Cicero Rodrigues)

Linda Bustani é uma das mais destacadas pianistas da história do piano brasileiro. Seu repertório é composto por mais de 40 concertos para piano e orquestra, além de uma extensa lista de obras camerísticas e, naturalmente, para piano solo. Nascida em Rondônia, mudou-se ainda criança para o Rio de Janeiro, onde foi uma brilhante aluna de Arnaldo Estrella e de Antônio Guedes Barbosa. 

Premiada aos 15 anos no Concurso Internacional Vianna da Mota, em Lisboa, Portugal, foi convidada por Iakov Zak para trabalhar sob sua orientação no Conservatório Tchaikovsky de Moscou, Rússia, onde também foi aluna de Elisso Virsaladze. Ganhou prêmios em competições internacionais no Rio de Janeiro e em Bratislava, Eslováquia. Contudo, foi sua aclamada participação, em 1974, no Concurso Internacional de Leeds, Inglaterra, que lançou sua carreira internacional.

Maestro 

Sanny Souza é o atual maestro assistente da Oses. Bacharel em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), tem o mestrado em Educação Musical pela Campbellsville University, nos Estados Unidos. Como professor de violoncelo da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), foi o primeiro regente e diretor musical do Coro Sinfônico da Fames, funções que atualmente exerce no Coro Vox Victoria. 

Em sua trajetória como maestro, já regeu o Coro da Petrobras UN/ES, Fames Jazz Sinfônica, Fames Jazz Band e Orquestra Vale Música. Já se apresentou na Europa e nos Estados Unidos, no Carnegie Hall, em Nova Iorque.

Repertório: 

“Em Memória”, de Silvia de Lucca
“Concerto para dois pianos e orquestra em ré menor”, de Francis Poulenc
“Suíte Vila Rica”, de Camargo Guarnieri

Serviço: 

Orquestra Sinfônica do Espírito Santo
Quando: 05/04 (sexta-feira) e 06/04 (sábado)
Horário: às 20h
Local: Sesc Glória, Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro de Vitória
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 15 (conveniado), R$ 12 (cartão empresário) e R$ 10 (meia-entrada para comerciário ou mediante apresentação de 1kg de alimento não perecível)
Mais informações: (27) 3232-4750

Fonte: Governo ES

Veja também

mundo-13-06-ft-reproducao-internet

Ferida no Líbano diz ter deixado o Brasil após agressão do marido

politica-13-06-Alex-Ferreira-Camara-dos-Deputados

PL que iguala aborto a homicídio tem 78% de rejeição no site da Câmara

policia-13-06-ft-policia-civi-MF-roubo-casal

Casal detido em Marechal Floriano disse que anjo os orientou a praticar furtos em residências

saude-13-06-ft-sesa

Hospital Estadual Central recebe placa comemorativa do selo Diamond pela excelência no tratamento do AVC 

politica-13-06-Helio-Filho-Secom

Armazéns do Porto de Vitória ganham projeto de requalificação

esporte-13-06-ft-gov-es-selecao-capixaba-handebol

Seleção capixaba de handebol disputa Campeonato Brasileiro Cadete

cultura-13-06-ft-gov-es

VII Festival de Leituras Dramáticas Capixabas agita Cachoeiro

saude-13-06-ft-Criar-Comunicacao-Integrada-medico

Mais de 50 médicos do Espírito Santo respondem por processo no CRM