Restaurantes, lanchonetes e cafeterias às margens da BR-262 estão com horários reduzidos

Publicado em 14/04/2021 às 11:16

Compartilhe

A pandemia da Covid-19 tem alterado o funcionamento de todos os setores da economia no Brasil e no mundo. No Espírito Santo, a ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 estão acima de 90% há várias semanas (92,32% na tarde de ontem -13/04). Desde a última segunda-feira (12), o Mapa de Risco divulgado pelo governo estadual semanalmente aponta que 42 municípios estão em risco extremo, 34 em risco alto e apenas dois em risco moderado.

Devido ao aumento do número de casos e de mortes, continuam as restrições sociais e de segmentos da economia. Na Região Serrana, Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante estão em risco extremo, e Marechal Floriano em risco alto. Nos três municípios fica um dos principais trechos da BR-262, que concentra diversos restaurantes, lanchonetes e cafeterias às margens da rodovia.

Alguns empresários do setor questionam que a Prefeitura de Domingos Martins restringiu o horário e os dias de funcionamento de restaurantes, lanchonetes e cafeterias às margens da BR-262 e de rodovias estaduais. De acordo com o Decreto Nº 4859-R, do governo estadual, de 03/04/2021, os restaurantes localizados às margens de rodovias estaduais que não estejam em áreas urbanas e às margens de rodovias federais, poderão funcionar sem restrição de dia e horários.

Entretanto, o Decreto Normativo, nº 3.795/2021, divulgado ontem (13) pela Prefeitura de Domingos Martins, reduz o funcionamento desses estabelecimentos. O documento determina que “restaurantes, lanchonetes e cafeterias que estão no território municipal, porém situados às margens da BR-262, só poderão funcionar para atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, de 06h às 17h”.

Os demais restaurantes, lanchonetes e cafeterias, inclusive os que estão situados às margens das rodovias estaduais, deverão atender, presencialmente, às quartas, quintas e sextas-feiras, de 10h às 16h. Para os serviços de delivery, não há restrições de dias ou horários. A previsão é de que as regras sejam válidas enquanto o município estiver na categoria de risco extremo.

De acordo com a assessoria de imprensa de Domingos Martins, “ao tomar essa decisão, a Prefeitura levou em consideração uma característica do município de Domingos Martins, onde há uma variedade de restaurantes, lanchonetes e cafeterias, que ficam às margens de rodovias estaduais e da BR-262 e que costumam receber um grande volume de pessoas”.

A reportagem do Montanhas Capixabas procurou o governo do Estado para falar sobre a decisão do município. Por meio da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Turismo, a informação foi que: “os municípios podem decidir por medidas ainda mais restritivas das determinadas pelo Governo do Estado em relação ao enfrentamento da Covid-19”.

Venda Nova do Imigrante e Marechal Floriano seguem decreto estadual

Em Venda Nova do Imigrante, município que também está em risco extremo, a Prefeitura está seguindo o decreto estadual, permitindo o funcionamento de restaurantes, lanchonetes e cafeterias, às margens da BR-262 e de rodovias estaduais, sem restrição de horários, de segunda-feira a sábado. Aos domingos e em feriados nacionais, os atendimentos estão suspensos.

O município de Marechal Floriano está classificado em risco alto. A Prefeitura está seguindo o decreto estadual, permitindo o funcionamento, sem restrição de dias e horários, para os restaurantes, lanchonetes e cafeterias às margens da BR-262 e de rodovias estaduais.

Veja também

97727

Gasolina fica mais cara em 18 estados após atualização do governo

97725

Abono do PIS/Pasep vai aumentar em 2022; simule quanto você vai receber

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana

97719

Tempestade Sam ganha força e deve se tornar furacão nesta sexta-feira, nos EUA

2309-unplash

Como a Covid 19 afeta a educação dos alunos? 

97710

Bolsonaro diz que Boris Johnson quer acordo “emergencial” para venda de alimento

97708

Criptomoedas são declaradas ilegais na China e Bitcoin cai quase 8%