Quase 100 voluntários preparam milhares de marmitas em Pedra Azul para atingidos pelas chuvas

Publicado em 28/03/2024 às 22:42

Compartilhe

Ação Afemor capa ok

Texto: Julio Huber / Fotos e vídeo: Divulgação

Um ato de amor ao próximo. Esse sentimento uniu quase 100 voluntários da região de Pedra Azul, em Domingos Martins, que desde a última segunda-feira (25) estão acordando de madrugada para dar conta de preparar mais de 1,7 mil marmitas diariamente. O destino é a região Sul do Espírito Santo, onde milhares de pessoas foram duramente atingidas pelas fortes chuvas da última semana.

Em Mimoso do Sul, 18 pessoas perderam a vida. Em Apiacá, outras duas pessoas morreram. Ao todo, 13 municípios da região foram afetados pelas fortes enxurradas e estão com decreto de situação de emergência. São eles: Alegre, Alfredo Chaves, Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.

A presidente da Associação Festa do Morango (Afemor), Lair Cebin, informou que os alimentos estão sendo preparados por um grupo entre 70 e 100 voluntários diários. “O trabalho começa às 2h30 da madrugada. Quando o dia amanhece, as marmitas estão prontas para serem levadas para as famílias de Mimoso do Sul e também a Apiacá”, contou ela. No vídeo abaixo é possível ver como é feita a produção das marmitas.

Arroz, feijão tropeiro, macarrão e carne são alguns dos ingredientes que recheiam as marmitas, que alimentam voluntários e moradores das cidades afetadas pelas enchentes. Devido a obras no Centro de Eventos Morangão, onde é realizado anualmente a Festa do Morango, os alimentos estão sendo preparados na igreja Católica local.

“Os voluntários estão preparando tudo na cozinha da igreja Católica, mas pessoas de diversas religiões estão colaborando com essa ação. Começamos a preparar as marmitas na última segunda-feira. Todos os dias mandamos cerca de 1,7 mil marmitas. Hoje (ontem) enviamos 2,3 mil marmitas. Até domingo queremos enviar 15 mil marmitas, por isso temos que aumentar as doações”, contou Lair.

Os alimentos e os materiais descartáveis estão sendo doados por moradores e empresários locais. “Também estamos enviando outras doações, como colchões, roupas de cama e outros produtos. O trabalho é o dia inteiro para dar conta”, informou Lair. No vídeo abaixo, os volutários comemoram ao atingir o número de duas mil marmitas produzidas no dia. Assista!

Ela disse que quem quiser fazer doações de alimentos ou outros produtos para ajudar as famílias atingidas no Sul do Estado, pode procurar o grupo de voluntários na igreja Católica de Pedra Azul. “Estamos precisando principalmente de carnes de todos os tipos. Quem quiser também pode doar outros itens, como toalhas, travesseiros, lençóis e outros produtos de higiene pessoal. Ontem saíram três caminhões com donativos”, relatou Lair.

Veja também

politica-17-04-ft-Lula-Marques-Agencia-Brasil

Senado aprova PEC das drogas e texto vai para Câmara dos Deputados

cultura-17-04-gov-es

Festa da resistência dos povos indígenas tem início nesta sexta-feira em Aracruz

geral-17-04-ft-div-gov-es

Bandes promove leilão do Fundap nesta quarta-feira (17) em Vitória

saude-16-04-ft-div-gov-es

Ciatox realiza mais de 10 mil atendimentos em um ano no Espírito Santo

geral-16-04-ft-gv-es

Escola de Cachoeiro de Itapemirim inicia projetos com robótica educacional

brasil-16-04-freepik

Professores universitários estão mobilizados no Rio para definir greve

geral-16-04-pmmf

Pavimentação de estradas avança em Marechal Floriano

geral-16-04-freepik-2

Começou o prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Enem