Qual a diferença entre SPC e Serasa?

Publicado em 19/02/2024 às 13:29

Compartilhe

mat-paga-19-02-freepik

Entenda a diferença entre SPC e Serasa, o papel na análise de crédito e o misterioso score. Saiba como gerenciar seu score para uma vida financeira sólida.

Quando se trata de análise de crédito e gestão financeira, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e a Serasa Experian são dois nomes comumente mencionados.

Ambos são birôs de crédito, mas têm diferenças significativas em suas operações e informações fornecidas, que influenciam diretamente na obtenção de crédito ou de melhores taxas, como um empréstimo com juros reduzidos, por exemplo.

Neste conteúdo, vamos explorar essas diferenças, o papel de cada um na análise de crédito e como os consumidores podem entender e acessar suas informações de crédito, incluindo o misterioso “Score”.

SPC e Serasa Experian: birôs de crédito em foco

O SPC e a Serasa Experian são empresas especializadas na coleta, no armazenamento e na análise de informações financeiras e de crédito dos consumidores. Seu principal objetivo é fornecer às instituições financeiras e empresas dados confiáveis para avaliar o risco de conceder crédito a um indivíduo ou a uma empresa.

Diferenças-chave: informações e alcance

SPC (Serviço de Proteção ao Crédito): o SPC é operado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e tem uma base de dados mais voltada para o comércio varejista. Ele é frequentemente utilizado por lojistas e empresas locais para verificar o histórico de crédito de potenciais clientes em prol de protegê-los contra fraudes.

Serasa Experian: a Serasa Experian, por outro lado, é uma das maiores empresas de informações de crédito do mundo e possui uma base de dados mais abrangente, que inclui informações sobre empréstimos, financiamentos, cartões de crédito e outros tipos de transações financeiras. É amplamente utilizado por instituições financeiras, bancos e empresas de diversos setores.

O papel na análise de crédito e o mistério do score

Ambos os birôs de crédito desempenham papel crucial na análise de crédito, fornecendo informações detalhadas sobre o histórico financeiro dos consumidores. Isso inclui pagamentos em dia, atrasos, dívidas em aberto, entre outros fatores. Com base nessas informações, é calculado o “score de crédito”, uma pontuação que indica o risco de crédito de um indivíduo.

Acesso às informações

A Lei de Acesso à Informação (Lei n.º 12.527/2011) garante aos cidadãos brasileiros o direito de obter informações de órgãos públicos e entidades privadas que prestam serviços públicos, como os birôs de crédito.

De acordo com essa lei, você tem direito a consultar seu histórico de crédito gratuitamente:

  • uma vez por ano: em cada birô de crédito (SPC e SERASA);
  • sem necessidade de justificativa: não precisa apresentar motivo para solicitar a consulta;
  • em qualquer dia do ano: não há período específico para fazer a consulta.

Dessa forma, os consumidores têm o direito legal de acessar suas informações de crédito gratuitamente uma vez por ano em ambos os birôs de crédito. Além disso, é possível verificar o score de crédito por meio de serviços disponibilizados pelos próprios birôs ou pelas instituições financeiras e fintechs.

Informações disponíveis no histórico de crédito

Seu histórico de crédito contém informações sobre:

  • seu nome completo e CPF;
  • seu endereço;
  • seus dados de contato;
  • seus débitos e inadimplências;
  • seu score de crédito.

Como consultar seu histórico de crédito

Para consultar seu histórico de crédito gratuitamente, você pode:

Acessar o site do birô de crédito:

SPC: https://loja.spcbrasil.org.br/

SERASA: https://www.serasaexperian.com.br/

Ligar para a Central de Atendimento do birô de crédito:

SPC: 0800 726 0202

SERASA: 0800 591 1234

Comparecer pessoalmente a uma agência do birô de crédito:

Consulte os endereços das agências no site do birô.

Gestão do score de crédito

É crucial manter seu histórico de crédito em dia, pois ele desempenha papel fundamental em várias áreas da sua vida financeira. Essa prática é essencial para obter acesso a crédito, incluindo empréstimos, financiamentos e cartões de crédito.

Além disso, quando o histórico é positivo, você pode conseguir melhores taxas de juros, alugar um imóvel com facilidade e ter melhores chances ao se candidatar a um emprego.

Existem várias dicas que podem ajudá-lo a manter um bom histórico de crédito. Em primeiro lugar, é crucial pagar suas contas em dia, pois os pagamentos pontuais demonstram responsabilidade financeira aos olhos dos credores. Além disso, negociar dívidas existentes pode ajudar a evitar problemas maiores e manter seu histórico de crédito saudável.

Também é importante evitar novos empréstimos, a menos que seja absolutamente necessário, pois isso pode aumentar sua carga financeira e afetar negativamente seu histórico de crédito. Outro ponto vital é manter um relacionamento positivo com seus credores, pois eles podem estar dispostos a trabalhar com você em caso de dificuldades financeiras.

Foto: Freepik

Veja também

cultura-18-04-ft-div-gov-es

Festival Santa Teresa Gourmet completa dez anos conectando público com gastronomia, música e cultura

geral-18-04-ft-negocio-rural

Fim de semana gelado em Vitória e mais 7 capitais brasileiras

brasil-18-04-ft-flipar

Mulher que levou idoso morto a banco passa por audiência de custódia

geral-18-04-freepik-dinheiro

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos

turismo-18-04-ft-div-setur

Rota dos Sabores mostra a diversidade gastronômica do Espírito Santo

arte-e-cronica

Crônica: Quais suas prioridades?

policia-17-04-ft-policia-amb

Polícia Ambiental flagra atividades de terraplanagem sem licença ambiental na Região Serrana

brasil-17-04-ft-div-portal-ig

Ministério Publico apura se o PCC está infiltrado na saúde pública de São Paulo