Projeto prevê a criação da Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade

Publicado em 09/03/2023 às 14:34

Compartilhe

Projeto-preve-a-criacao-da-Politica-Nacional-de-Incentivo-a-Producao-de-Cafe-de-Qualidade

Foto: Mapa

O Projeto de Lei (PL) nº 6021/2019, que cria a Política Nacional de Incentivo à Produção de Café de Qualidade, pretende impulsionar ainda mais a exportação do café brasileiro, elevando o padrão de qualidade por meio do estímulo à produção, industrialização e comercialização de cafés de categorias superiores.

O projeto, do deputado federal Evair Vieira de Melo (PP-ES), visa garantir aos produtores instrumentos fundamentais para elevar a qualidade da produção, como assistência técnica, extensão rural, crédito agrícola, cooperativismo, instituição de conselhos, apoio aos comércios interior e exterior, parcerias com entidades público-privadas, entre outros, para o aumento da qualidade do café brasileiro.

“Quanto mais incentivos tivermos para produção dos nossos produtos agrícolas, mais resultado teremos. E estimular a produção, a industrialização e a comercialização de grãos de categorias superiores, gera aumento na exportação”, declarou o deputado. O texto considera “superiores” os cafés classificados como de alto padrão em função de características físicas, químicas e sensoriais, segundo processos de análise e certificação reconhecidos pelo poder público.

“O resultado deste incentivo deverá ser sentido com o aumento da exportação. Hoje, vemos o café de uma forma generalizada, uniforme. O agricultor que produz o café com técnicas diferenciadas, competitivo no mercado, com qualidade, não tem nenhum incentivo ou reconhecimento. Esse PL vem para mudar esta realidade”, afirmou o deputado.

O Espírito Santo é um grande produtor de café, segundo o Incaper, a cafeicultura é a principal atividade agrícola no estado, desenvolvida em quase todos os municípios capixabas, com exceção somente da capital Vitória, gerando em torno de mais de 400 mil empregos diretos e indiretos, estando presente em aproximadamente 60 mil das 90 mil propriedades agrícolas do Estado.

O Projeto de Lei está aguardando designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC). Em seguida a proposição será posta em votação pelo plenário da Câmara, o qual dará a palavra final sobre o texto do PL, podendo manter as alterações do Senado ou recuperar o texto original do projeto. Em seguida, vai para sanção ou veto do presidente da República.

Fonte: Assessoria de imprensa do deputado Evair de Melo

Veja também

geral-22-05-ft-Instituto-Kautsky-Roberto-Kautsky

Eventos celebram o centenário do botânico martinense Roberto Anselmo Kautsky

geral-22-05-ft-freepik-auditorio

Semana Nacional do MEI chega nas montanhas com capacitações para microempreendedores

esportes-22-05-ft-div-atleta-jiu-jitsu

Atleta martinense representa município em competição internacional de jiu-jitsu

geral-22-02-Joedson-Alves-agencia-Brasil

Começa amanhã consulta ao maior lote de restituição do IR da história

mat-paga-22-05-mundo-ft-freepik

Descubra por que Blockchains ainda não dominaram todas as indústrias (e como isso pode mudar)

geral-22-05-ft-div-filhote-veado

Filhote de veado é tratado com mamadeira em Marechal Floriano após ser encontrado ferido

video-22-05-ft-divulgacao-grupo-danca-feminino

Grupo de danças italianas formado por mulheres é criado em Marechal Floriano

cultura-22-05-ft-divulgacao-grupo-danca-feminino

Marechal Floriano ganha novo grupo folclórico italiano feminino