Projeto escolar estimula o empreendedorismo em Marechal Floriano

Publicado em 27/07/2023 às 16:40

Compartilhe

criANCAS-BISCOITOS

Texto: Kássio Barreiros Paiva

Empreendedorismo é a palavra de ordem, cada dia mais ganhando espaço na sociedade. Seguindo os passos desse sucesso, um grupo de 15 alunos do Atendimento Educacional Especializado (AEE), da Escola Elisiário Ferreira Filho, em Marechal Floriano, participam do projeto “Empreender, incluir e aquecer”, coordenados pela professora Juliana Bueno da Silva, e suas auxiliares Maria Luiza, Sueli, Francilene, Ester e Camila, com apoio direto da diretora escolar Rosimara Klein Werneck, e da pedagoga Joelma Aparecida Correa dos Santos. Esse projeto contempla os alunos dos turnos matutino e vespertino.

O objetivo principal do projeto é a inclusão dos alunos, e o envolvimento de suas famílias, na comunidade escolar, e na comunidade em geral. Mostrando para os alunos e seus familiares, que é sim possível empreender de forma simples e prazerosa, além de contribuir com uma ação social, muito importante nessa época do ano, com a doação de cachecóis e toucas produzidos pelo projeto, para aquecer as crianças carentes da escola. 

Um dos projetos é a fabricação de biscoitos, que além de manter aluno e família trabalhando em conjunto, auxilia na coordenação, e estimula o trabalho em equipe. “O lucro obtido com as vendas dos biscoitos está sendo revertido na compra de matéria-prima para a confecção das toucas e cachecóis. As vendas são realizadas diretamente na escola, e na Feira do Empreendedor. É uma oportunidade de as crianças aprenderem como funciona o comércio, habilidade de mexer com dinheiro, no atendimento ao público, desenvolvendo sua autonomia, bem como os conceitos matemáticos e linguísticos, principalmente a socialização, o que tem causado bastante alegria”, declarou a professora Juliana.

Uma prancha feita de papelão facilita a produção dos cachecóis e toucas, permitindo um entrelaçamento da lã, de maneira prática e acessível a todos. Esses momentos de confecção em família têm sido muito gratificantes. Já para a produção dos biscoitos, foi confeccionado um colete, onde cada aluno fez um desenho relacionado ao projeto. A técnica utilizada foi a de transferência de desenho, feita com giz de cera na lixa, depois transferido para o tecido com uso de um ferro elétrico.

Como forma de estimular e fortalecer o projeto Empreender, foi realizada uma visita à Fábrica Buenos, onde os alunos visualizaram a produção de biscoitos, e ouviram dos proprietários, Franciele e Robiel, como foi empreender no início da fabricação de biscoitos e pães. Os estudantes também tiveram a oportunidade de participar da produção de alguns biscoitos, que foram degustados por eles mesmos, durante a visita.

Complementando o projeto, eles visitaram a Sala do Empreendedor, local onde é dado apoio ao pequeno empreendedor do município. A professora Juliana conclui dizendo: “estamos empreendendo, estamos incluindo, e pretendemos aquecer nossos alunos”.

Confira abaixo as fotos:

Veja também

geral-24-06-ft-Divulgacao-Ibama

Servidores federais ambientais iniciam greve

cultura-24-06-ft-Cicecro-italemanha

Preparativos para a Italemanha em ritmo acelerado em Marechal Floriano

geral-24-06-ft-div-gov-es

Recurso emergencial chega a empresas afetadas pelas chuvas no Espírito Santo

brasil-24-06-ft-Reproducao-Twitter-enchente-RS

Nível do Guaíba sobe 23 cm e prefeitura emite alerta para inundações no RS

saude-24-06-ft-freepik-vacina

Saúde reforça importância da vacinação contra sarampo àqueles que vão à Olimpíada de Paris

turismo-24-06-ft-divulgacao-Rota-dos-Queijos

Rota dos Queijos em João Neiva: uma jornada de sabor e tradição

politica-24-06-STF-porte-maconha

STF retoma julgamento sobre porte de maconha para consumo

mundo-24-06-ft-reproducao-portal-ig

Médico brasileiro sobrevive à acidente que vitimou 9 pessoas na Namíbia, incluindo sua esposa