Programas de Residências fortalecem ações para cuidados de saúde mental na pandemia

Publicado em 26/09/2021 às 10:50

Compartilhe

setembro-amarelo

A pandemia da Covid-19 provocou muitas transformações e trouxe à tona a importância de falar sobre saúde mental. No Setembro Amarelo, campanha destinada à prevenção ao suicídio, a questão fica ainda mais evidente. Diante disso, o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi) atua nos municípios com profissionais residentes dos programas de Residência Multiprofissional em Saúde Mental e de Residência Médica em Psiquiatria.

Os programas recebem anualmente 32 novos residentes que realizam diversas atividades nas Unidades Básicas de Saúde como: atendimento à população, elaboração de campanhas de conscientização e encaminhamento para outros profissionais quando há necessidade. Um dos diferenciais desses projetos é a formação com 80% de carga horária executada de forma prática.

A coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental, Daniele Stange, ressalta que a parceria com os municípios é fundamental para compilar o conhecimento dos profissionais residentes.

“Os municípios transformam seus serviços em espaços de ensino-serviço e de educação permanente, e com isso os residentes têm a possibilidade de adquirir experiências com a prática em atuações em saúde geral e mental. Além disso, o programa permite a oferta de capacitações aos trabalhadores das unidades municipais e amplia a oferta de atendimento”, disse.

Números

Uma pesquisa do Ministério da Saúde, feita com 17.491 pessoas entre 18 e 92 anos e divulgada em setembro de 2020 e, aponta que “foi verificada a elevada proporção de ansiedade (86,5%) e uma moderada presença de transtorno de estresse pós-traumático (45,5%)”.

Segundo a coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental, Daniele Stange, houve um aumento na procura por atendimento na Atenção Primária e nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

“Alguns dados sobre lesão autoprovocada e tentativa de suicídio, por exemplo, já estão mostrando tendência de aumento se comparados ao ano de 2019”, explicou a coordenadora.

Conscientização

O “Setembro Amarelo” é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. O mês foi escolhido pois, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Em função da pandemia, “fortalecemos formas de ensino on-line como a tutoria, discussão de casos e aulas. Por alguns dispositivos serem essenciais, não houve parada do serviço como o pronto atendimento e a enfermaria”, explicou a coordenadora da Residência Médica em Psiquiatria, Maria Amália Accari Pedrosa.

Os residentes também elaboram e executam estratégias de conscientização para o Setembro Amarelo, e discutem a abordagem das pessoas necessitadas de ajuda nos pontos de acolhimento, visando a ofertar o melhor cuidado para todos.

“As ações relacionadas ao Setembro Amarelo são planejadas e executadas pelos pontos de atenção da Rede de Atenção Psicossocial (Raps), muitas vezes com apoio das áreas técnicas de saúde mental dos municípios. Os residentes participam de todas essas etapas, sendo que muitas são de conscientização sobre o tema suicídio, desmitificando e apresentando formas de prevenção à comunidade, bem como divulgando como e onde procurar ajuda”, relatou Daniele Stange.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Veja também

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

Série B: Vasco sai na frente nos Aflitos, mas cede empate ao Náutico

© Nicolle Mendes/Aparecidense/Direitos Reservados

Série D: Aparecidense-GO vence ABC-RN de virada e fica perto da final

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: Brasil registra 6,2 mil novos casos e 187 óbitos

© REUTERS/Alberto Lingria/direitos reservados

Mourinho é expulso, e Roma encerra série de vitórias do líder Napoli

© Reuters/Phil Noble/Direitos Reservados

Salah marca três vezes em goleada do Liverpool sobre United por 5 a 0

101878

Auxílio Brasil já tem propaganda, mas não tem valor ou fonte de renda definidos

101876

Mercado de quentinhas sofre com inflação de alimentos e do gás de cozinha

© REUTERS/Albert Gea/Direitos reservados

Alaba marca na vitória do Real sobre Barça, o 1º clássico da temporada