Profissionais paraguaios conhecem fazenda referência na criação da Raça Araguaia no Mato Grosso

Publicado em 15/12/2021 às 13:20

Compartilhe

109218


Profissionais paraguaios, ligados ao setor agropecuário, representantes do Grupo Atenil/Victória com sede em Puerto Casado, região do Alto Paraguai, estiveram no início do mês de novembro em Torixoréu, Mato Grosso, para visita técnica à fazenda Santa Rita, localizada na região do Vale do Araguaia que possui um rebanho composto por mais de dois mil animais da Raça Araguaia. O empreendimento rural é considerado uma referência no estado, por desenvolver o programa de pecuária sustentável.

Na fazenda Santa Rita, em Torixoréu-MT, estão o jornalista Pedro Escobar, o empreendedor rural Valdomiro Parron Lopes, o idealizador da Raça Araguaia Raul Almeida Moraes Neto , o sócio da Origem Premium Guilherme Nogueira e o colaborador da Santa Rita, João. (da esq. Para a dir.) – Foto: Pedro Escobar

A composição da Raça Araguaia é uma derivação genética da raça continental Blond D’ Aquitane (48%), a zebuína Nelore (25%) e a europeia tropical Caracu (28%). A raça Blond D’ Aquitane incorporou musculosidade, esta característica proporcionaram um animal com, maior conversão alimentar e rendimento de carcaça, assim como maior quantidade de carne sem osso na desossa frigorífica, o Caracu contribuiu com a adaptação , a rusticidade, habilidade materna e produção leiteira e o Nelore melhorou a adaptação ambiental, a resistência a endo e ecto parasitos e o acabamento da carcaça.

A composição do bovino Araguaia é uma derivação genética da raça continental Blond D’ Aquitane (48%), a zebuína Nelore (25%) e a europeia tropical Caracu (28%).

Esta combinação genética resultou em animais com grande eficiência produtiva, elevado custo/benefício, pela alta taxa de conversão alimentar, rusticidade e animais adaptados às condições adversas de clima (quente e seco), além da conformação de carcaça volumosa e carne de qualidade, com grau maior maciez, menor teor de gordura e sabor singular.

Na propriedade, o jornalista Pedro Escobar, acompanhado do sócio da Origem Premium Guilherme Nogueira, o idealizador da Raça Araguaia Raul Almeida Moraes Neto, junto ao diretor do Grupo Atenil/Victoria Milton Sakurai e o empreendedor Valdomiro Parron Lopes, conheceram as instalações da propriedade. (da esq. Para dir.) – Foto: Pedro Escobar

Em um país com dimensões continentais e de clima tropical, o modelo de pecuária Origem Premium, cria bovinos com sustentabilidade e produtividade, reforçando a vocação do Brasil para o agronegócio. Contribuição e empenho dedicados à produção brasileira, que se destaca no cenário econômico nacional. Esse reconhecimento foi alcançado, através de um intercâmbio de experiências entre brasileiros e paraguaios. O grupo conheceu as instalações da propriedade, observaram o comportamento do rebanho e vivenciaram toda a cadeia produtiva dos animais de Raça Araguaia. Experiência, que impressionou o jornalista, consultor do setor produtivo, Pedro Escobar Medina.

“Todo produtor busca intensamente essas qualidades em seus rebanhos, não falamos somente de maior produtividade, mas também de maiores lucros e de consumidores mais satisfeitos ao encontrar nas gôndolas produtos macios e saborosos. É evidente a soma de fatores que fazem com que se conte com animais melhorados, de elite, percebemos inclusive que o rebanho está muito bem nutrido, curados e de boa genética”.

Atualmente, o Grupo Atenil/Victória, trabalha com cerca de seis mil cabeças de gado de raças hibridas em uma das zonas mais produtivas de Chaco, que apresenta vasto potencial de crescimento e uma grande rede de contatos entre pecuaristas, sempre atentos as inovações do setor pecuário. Foi um amigo do produtor paraguaio, Milton Sakurai, após contato com a ministra da Agricultura do Brasil, Tereza Cristina, que apresentou a Raça Araguaia, permitindo a conexão com os desenvolvedores da genética no país.

“Desde o nosso retorno de Mato Grosso ao Paraguai, tivemos uma evolução quanto as análises das informações obtidas durante a nossa visita ao Brasil. Tecnicamente, vamos avaliar alguns aspectos, tais como a adaptação, para definir o desenvolvimento da Raça Araguaia no Paraguai, se percebe que há muitos pontos favoráveis, e faremos comparações a outras raças sintéticas já criadas aqui, e será decisivo para tomarmos decisões e investirmos em uma possível parceria”, destaca Sakurai.

Com o alcance de resultados expressivos, o gestor e empreendedor rural, Valdomiro Parron Lopes, demonstra entusiasmo quanto à probabilidade de expandir a genética da Raça Araguaia, no Paraguai.

“A pecuária aqui busca inovação e tem um rebanho de qualidade. O grupo onde trabalhamos tem outros negócios a nível internacional, e o Araguaia reúne o que de mais moderno se apresenta hoje no mercado. Precocidade, maciez da carne e baixo teor de gordura, sem falar da proposta ambiental, bem-estar animal, enfim, nossos parabéns a toda equipe pelo trabalho”.

Os animais de Raça Araguaia apresentam grande eficiência produtiva, elevado custo/benefício, pela alta taxa de conversão alimentar, rusticidade e são adaptados às condições adversas de clima (quente e seco).

No campo, o criador e um dos fundadores da Origem Premium, Raul Almeida Moraes Neto, apresentou a equipe o modelo praticado na propriedade que neutraliza os gases de efeito estufa, promove o bem-estar-animal e proporciona maior ganho de peso, carne de qualidade com eficiência, em um menor espaço de tempo, preservando o meio ambiente, a partir da adoção de um sistema de produção pecuária pautado na sustentabilidade.

“A Raça Araguaia está cumprindo o papel dela de levar os ganhos genéticos e de produtividade a outros países. A função da Origem Premium é desenvolver a pecuária no âmbito de genética produtiva e estender esse compromisso para outros lugares, é muito gratificante, ver que a Raça Araguaia está ultrapassando fronteiras e despertando interesse em produtores de outros países”, celebra.

A genética de ponta e o DNA sustentável estão entre os diferenciais da raça exclusiva da Origem Premiu e permite maior produtividade e rentabilidade ao produtor.

Focados na gestão técnica e econômica o Grupo Origem Premium adota o planejamento, a organização, a direção e o controle como métodos para assegurar o sucesso do empreendimento rural. Conheça os protocolos e critérios da empresa quanto à qualidade da carne, sustentabilidade e bem-estar animal. Para participar do Programa de Produção Origem Premium, basta encaminhar um e-mail que entramos em contato com você. Mais informações: [email protected]

Veja também

Secretaria-de-Meio-Ambiente

Secretaria de Meio Ambiente bate recorde de licenças em Domingos Martins

113089

Após erupção, Tonga pode ficar 2 semanas sem acesso à internet

113087

Sonha em trabalhar na Disney? Empresa tem vagas abertas no Brasil

113085

Ade Sampa oferece qualificação empreendedora totalmente gratuita

Carro-capota-e-tres-pessoas

Carro capota e três pessoas ficam presas às ferragens em Venda Nova do Imigrante

Carro-de-passeio-tem-frente

Carro de passeio tem frente destruída ao bater em árvores ao lado de rodovia

113074

Petrobras será investigada por abuso em reajuste nos combustíveis

113072

“Cofres estaduais estão abarrotados de dinheiro”, diz Lira sobre ICMS