Procon vai multar Extra por vender bandeja de carne vazia

Publicado em 19/10/2021 às 13:21

Compartilhe

101014


source
Bandeja é vendida vazia e carne só é entregue mediante pagamento
Reprodução/Facebook

Bandeja é vendida vazia e carne só é entregue mediante pagamento

O Procon afirmou nesta terça-feira (19) que vai multar a rede de supermercados Extra por descriminação e método vexatório de cobrança. A decisão foi tomada depois de uma unidade entregar bandejas vazias de carne  até que o produto fosse pago.

O caso aconteceu na unidade do Extra no Jardim Ângela, na Zona Sul de São Paulo. De acordo com funcionários, a estratégia foi usada para evitar roubos.

Segundo Fernando Capez, diretor do Procon-SP, se for comprovado que a prática era adotada por várias unidades, a multa será feita com base no faturamento global, chegando a R$ 10,9 milhões. “Vai ser apurado e pode ser que a multa seja aplicada com base no faturamento global, e a empresa que vá se defender depois”, disse ele ao G1.

“É inaceitável critérios de discriminação, em razão do local ou porque qualquer outro critério. Se em outros estabelecimentos, em outros bairros, não existe esse tipo de exigência, não se justifica que a população do Jardim Ângela seja submetida a um vexame”, afirmou Capez.

Leia Também

Ao G1, o Extra admitiu que a prática não ocorreu em apenas uma unidade, mas que “não faz parte de sua política de atendimento” e que é “uma falha de procedimento”. “Achávamos que era uma loja e, não sendo, estamos fazendo o que é possível internamente para que isso não aconteça mais e para que sigam o procedimento padrão”, declarou a empresa.

Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022