Preso no Rio de Janeiro homem acusado de assassinar comerciante desaparecido em Domingos Martins

Publicado em 11/02/2023 às 06:05

Compartilhe

desaparecido

Julio Huber

Um homem foi preso, em Itaboraí, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (08), acusado de ter assassinato o comerciante Gessi Lanes Andrade, 59 anos, proprietário de um bar na localidade de São Bento de Aracê, em Domingos Martins. Gessi está desaparecido desde o último dia 8 de janeiro.

O delegado da Polícia Civil de Marechal Floriano e de Domingos Martins, Geraldo Peçanha, que está investigando o caso desde o dia 12 de janeiro, quando a família registrou a ocorrência do desaparecimento do comerciante, contou que o homem detido levou o carro da vítima, um Gol bege, para o Rio de Janeiro, em um caminhão baú.

O comerciante Gessi Lanes Andrade está desaparecido desde o último dia 8 de janeiro e a polícia acredita que ele esteja morto

Durante a abordagem ao suspeito, no município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, ele resistiu à prisão, ferindo um dos policiais e fugiu com a arma do militar. O homem, de 25 anos, foi localizado oito horas depois no município de Itaboraí, onde foi preso e encaminhado ao presídio. Ele foi autuado em flagrante em razão da tentativa de homicídio contra o militar, e em cumprimento ao mandado de prisão temporária pelo latrocínio.

O interrogatório do suspeito foi agendado para a próxima semana, na unidade prisional onde ele está recolhido, oportunidade em que serão colhidas informações sobre o paradeiro do corpo da vítima. Ele não confessou o assassinato, já que as autoridades policiais ainda não o interrogaram oficialmente.

“A prisão temporária tem validade de 30 dias, e pode ser prorrogada por mais 30 dias, ou convertida em prisão preventiva, sem prazo de soltura. Vamos solicitar a transferência dele para o Espírito Santo, mas ele também vai responder ao crime de tentativa de assassinato cometido contra o policial, no Rio de Janeiro”, disse o delegado Peçanha.

O acusado preso contratou um caminhão baú para levar o Gol até o Rio de Janeiro

A operação que prendeu o homem teve apoio da Divisão de Operações Especiais da Subsecretaria de Inteligência da Polícia Militar do Rio de Janeiro, e durou 15 dias. Durante as investigações, foi identificado que o comerciante teria sido visto pela última vez no dia 08 de janeiro, após se encontrar com um homem em um ponto de ônibus no Trevo de Paraju, no Km 54 da BR-262, em Marechal Floriano.

Imagens de câmeras de monitoramento de comércios da região e de um ônibus em que o acusado desembarcou e seguiu em direção ao carro da vítima, auxiliaram na identificação do criminoso. Uma imagem em que a Polícia Civil teve acesso mostra o carro dentro do baú, antes de seguir para o Rio de Janeiro.

Antes do desaparecimento do comerciante, o homem preso trabalhava no corte de eucaliptos na região de Alto Santa Maria, em Marechal Floriano. Por ordem judicial, foram realizadas buscas no endereço do suspeito, mas ele fugiu para o Estado do Rio de Janeiro junto com a família, levando consigo o veículo da vítima, um Gol bege, no baú de um caminhão. O caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia Civil de Marechal Floriano.

Veja também

agro-28-05-ft-divulgacao-seag

Governador abre a colheita do café arábica em Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A comemoração dos 489 anos de Vila Velha teve show de inclusão e do Alemão do Forró

turismo-28-05-ft-divulgacao-setur

Projeto transforma Estrada de Ferro Leopoldina em polo turístico no Espírito Santo

mundo-27-05-ft-FRT-papa-guine

Mais de 2.000 foram soterrados em deslizamento em Papua-Nova Guiné

mat-paga-mundo-27-05

Dicas Infalíveis para Encontrar o Melhor Site de Poker: Uma Análise Profunda

politica-27-05-ft-Tania-Rego

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias

brasil-27-05-ft-Rafa-Neddermeyer-alunos-enem

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

mat-paga-27-05-Sebrae

Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora: conheça os vencedores