Polícia do DF identifica novo suspeito de atos terroristas em Brasília

Publicado em 26/12/2022 às 16:24

Compartilhe

Policia-do-DF-identifica-novo-suspeito-de-atos-terroristas-em-Brasilia

George Washington foi preso no sábado dentro de um veículo com “grande quantidade de explosivos, armamento e munições”, segundo nota da polícia

A polícia do Distrito Federal trabalha com a hipótese de mais de um parceiro do empresário George Washington Souza, que foi preso por suspeita de atos terroristas em Brasília e tentativa de explodir um caminhão de combustível perto do aeroporto. Ao iG , a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) afirmou que as informações correm em sigilo, entretanto, Alan Diego dos Santos é apontado como ajudante nos atos. Um terceiro suspeito não teve nome divulgado.

George Washington foi preso no sábado, dia 24, dentro de um veículo com “grande quantidade de explosivos, armamento e munições”, segundo nota da polícia.

De acordo com as investigações, ele tem registro de Caçador, Atirador e Colecionador – CAC, mas tudo que foi apreendido está fora da norma. “Se esse material adentrasse o Aeroporto de Brasília, seria uma tragédia, mas nós conseguimos interceptar e evitar”, afirmou o delegado-geral da PCDF, Robson Cândido.

Em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal, o suspeito confessou ter montado explosivos em uma área de acesso ao Aeroporto Internacional de Brasília, afirmou que gastou cerca de R$ 170 mil com armas e que planejava um possível atentado organizado na cidade que seria colocado em prática nos próximos dias.

Polícia Civil do DF divulga armas usadas por suspeito de terrorismo em Brasília (24/12/2022)

Segundo o empresário, ele pretendia entregar armas a apoiadores de atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), acampados em frente ao QG do Exército e explodir bombas para radicalizar os bolsonaristas.

O que o foi apreendido?

  • dois revólveres;
  • duas espingardas;
  • três pistolas;
  • cinco emulsões explosivas;
  • munições;
  • uniformes camuflados.

Aeroporto reforçará segurança

O  Aeroporto Internacional de Brasília, a Inframerica, informou através de um comunicado que reforçará o policiamento ostensivo e a vigilância do terminal a partir de hoje , após o  bolsonarista George Washington armar explosivos em um caminhão-tanque que entraria no local.

A ação, que foi classicada pela polícia como uma tentativa de atentado terrorista, ocorreu no último sábado (24). Segundo a Polícia Civil , o artefato iria ser acionado com o uso de um controle remoto, mas falhou.

Fonte: Portal iG

Veja também

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França

geral-14-06-ft-gov-es-arvore-fotovotaica

Parque Cultural Casa do Governador recebe árvore fotovoltaica

saude-14-06-ft-gov-es

Nova linhagem do Coronavírus foi detectada no Espírito Santo

policia-14-06-moto-roubada-mf

Motocicleta é furtada em Marechal Floriano e vítima diz que vai mudar de cidade

capa-coluna-vida-saudavel-2

Acidentes de trânsito, um problema de saúde pública

politica-14-06-ft-assessoria-Janete-de-Sa-Desportiva-Ferroviaria

Estádio da Desportiva Ferroviária poderá se tornar patrimônio cultural material do Estado

mundo-14-06-ft-Divulgacao-Queen-Elizabeth-Hospital-vacina-cancer

Vacinas contra o câncer estão em testes no Reino Unido