Polícia britânica diz que morte de deputado foi ato terrorista

Publicado em 16/10/2021 às 12:21

Compartilhe

100723


source
Polícia britânica diz que morte de deputado foi ato terrorista
Reprodução: iG Minas Gerais

Polícia britânica diz que morte de deputado foi ato terrorista

A polícia britânica divulgou uma nota na noite desta sexta-feira (15) em que afirma que o assassinato do  deputado conservador David Amess foi um “incidente terrorista”.

“Os primeiros elementos da investigação revelaram uma matriz potencialmente ligada ao extremismo islâmico”, informam as autoridades sem dar mais detalhes.

Um homem de 25 anos foi preso após a ação e uma faca que pode ter sido usada no crime foi localizada pelos agentes. O jornal “The Telegraph” afirmou que trata-se um home com origem da Somália. Até o momento, acredita-se que o rapaz agiu sozinho.

Neste sábado (16), porém, uma ação de busca e apreensão foi realizada em duas casas de Londres. O prefeito da capital, Sadiq Khan, confirmou a operação e disse estar em contato direto com a polícia metropolitana.

Amess, 69 anos, era parlamentar desde 1983 e foi assassinado a facadas em uma igreja de Leigh-on-sea nesta sexta-feira enquanto se reunia com eleitores de seu distrito para fazer a prestação de contas do seu mandato.

Fonte: IG Mundo

Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022