Polícia aperta o cerco e fecha bares em Marechal Floriano

Publicado em 23/05/2024 às 14:52

Compartilhe

Operação PM

Texto: Julio Huber e Cícero Modolo / Fotos: Divulgação

Bares e restaurantes que utilizam som mecânico ou música ao vivo e que descumprirem o Código de Postura de Marechal Floriano estão sendo fiscalizados e até fechados. A informação foi passada pelo novo delegado titular da Polícia Civil, do município, Luciano Carlos Paulino. Ele disse que uma ação conjunta com a Polícia Militar e a Prefeitura já está ocorrendo e diversos estabelecimentos já foram fiscalizados.

De acordo com o delegado, há inúmeras reclamações de moradores quanto a som alto e ao cometimento de tráfico de drogas em estabelecimentos comerciais do município. O Código de Postura municipal prevê que o funcionamento desses estabelecimentos deve ser até meia-noite, além de assegurar que suas atividades não comprometam o sossego, a paz social e a segurança do município.

O delegado Luciano Paulino assumiu a delegacia do município recentemente

“Durante a fiscalização poderão ser expedidas desde notificações até o fechamento imediato do estabelecimento, a depender da gravidade da irregularidade constatada. A fiscalização que iniciou essa semana já tem demonstrado eficácia, já tendo sido notificado alguns estabelecimentos e até mesmo determinado o encerramento imediato das atividades”, informou o delegado.

A ação, segundo Luciano Paulino, visa não apenas regularizar o funcionamento dos locais, mas também prevenir a prática de ilícitos e garantir o bem-estar da população. “Queremos passar a mensagem de que a Polícia Civil atuará de forma mais efetiva no combate nessas práticas em conjunto com a Polícia Militar e a Prefeitura do município. Precisamos trazer a população para o nosso lado nessa luta. Se mantivermos a postura firme e a tolerância zero, Marechal Floriano se tornará um município modelo para os demais das montanhas capixabas”, disse o delegado.

Os estabelecimentos, mesmo aqueles com autorizações em dia, estão sujeitos a fiscalização rigorosa. Se constatado que o funcionamento está perturbando o sossego público ou atraindo atividades ilícitas, o fechamento pode ser imediato. A operação permanecerá ativa até que todos os estabelecimentos sejam devidamente fiscalizados.

“Deixamos claro ainda aos cidadãos que não serão medidos esforços para a realização dos trabalhos que seguirá à risca a legislação, visando trazer a paz social e o sossego no município, não admitindo qualquer tipo de interferência”, concluiu o delegado.

Veja também

mundo-13-06-ft-reproducao-internet

Ferida no Líbano diz ter deixado o Brasil após agressão do marido

politica-13-06-Alex-Ferreira-Camara-dos-Deputados

PL que iguala aborto a homicídio tem 78% de rejeição no site da Câmara

policia-13-06-ft-policia-civi-MF-roubo-casal

Casal detido em Marechal Floriano disse que anjo os orientou a praticar furtos em residências

saude-13-06-ft-sesa

Hospital Estadual Central recebe placa comemorativa do selo Diamond pela excelência no tratamento do AVC 

politica-13-06-Helio-Filho-Secom

Armazéns do Porto de Vitória ganham projeto de requalificação

esporte-13-06-ft-gov-es-selecao-capixaba-handebol

Seleção capixaba de handebol disputa Campeonato Brasileiro Cadete

cultura-13-06-ft-gov-es

VII Festival de Leituras Dramáticas Capixabas agita Cachoeiro

saude-13-06-ft-Criar-Comunicacao-Integrada-medico

Mais de 50 médicos do Espírito Santo respondem por processo no CRM