PIB capixaba cresce e acumula alta de 2,5% no primeiro semestre de 2023

Publicado em 06/09/2023 às 10:57

Compartilhe

pib-capixaba

Foto: pixabay.com

O Produto Interno Bruto (PIB) do Espírito Santo avançou +0,3% no segundo trimestre de 2023, acumulando alta de +2,5% no ano, quando comparado ao primeiro semestre de 2022. Destaque para o setor de Serviços, com expansão de +8,9%, e para o Comércio varejista ampliado, que cresceu +9,7%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), nesta terça-feira (05).

O levantamento mostrou ainda que a atividade econômica estadual cresceu em todas as bases temporais avaliadas. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, a alta foi de +2,4%. Já no acumulado dos últimos quatro trimestres, o crescimento chegou a +0,9%. Em valores correntes, o PIB capixaba chegou a R$ 50,3 bilhões no segundo trimestre de 2023, acumulando R$ 184,7 bilhões no nos últimos quatro trimestres.

“A geração de emprego é a melhor política social que existe. O avanço do PIB é mais uma demonstração de que a economia capixaba vai bem e há confiança. O Estado apresenta diversas vantagens competitivas e tem muito a crescer. Por onde vamos, seguimos apresentando o ambiente econômico positivo capixaba e mantemos contato constante com novas empresas para trazer investimentos para o Espírito Santo”, disse o vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço.

Ele comemorou ainda o desempenho das instituições financeiras do Estado, que tiveram a nota de classificação de risco elevada recentemente pela agência Fitch Ratings. “Outro bom sinal da solidez existente por aqui foi a elevação da nota de classificação do Bandes, Banestes e Sicoob. Instituições sérias, tradicionais, que têm capacidade operacional significativa nos mercados”, completou Ricardo Ferraço.

O diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Pablo Lira, destacou a importância do resultado positivo nos setores da economia para a geração de emprego e renda no Estado.

“O resultado é fruto do desempenho positivo de setores como Serviços e Comércio varejista. Vale destacar ainda o crescimento da Indústria, que, mesmo com as adversidades enfrentadas nos últimos anos, acumula expansão de +0,5% em 2023. Temos um ambiente favorável, com geração de empregos e a expectativa de fortes investimentos públicos e privados, para que o Estado continue apresentando crescimento nos próximos trimestres”, pontuou Pablo Lira.

Resultados

De acordo com os dados apresentados pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), a variação positiva, no acumulado do ano, foi influenciada pelo desempenho do setor de Serviços, que cresceu +8,9% e pelo Comércio varejista ampliado, com acréscimo de +9,7%. Embora em menor magnitude, a expansão de +0,5% da Indústria geral também contribuiu positivamente para o resultado.

A expansão do setor de Serviços foi puxada pelos aumentos de +12,6% em Serviços profissionais, administrativos e complementares e +10,5% em Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio. Já no Comércio varejista ampliado, a alta foi influenciada pelos crescimentos de +21,8% em Veículos, motocicletas, partes e peças e +2,7% no Varejo restrito. Neste último, houve alta em sete dos oito segmentos pesquisados.

Em relação a produção industrial, o resultado foi determinado pela expansão de +6,9% da Indústria extrativa e suavizado pela retração de -9,7% da Indústria de transformação.

“É importante destacar que é a segunda performance consecutiva positiva da indústria extrativa. Após vários trimestres em queda, o setor apresentou crescimento de +6,9% no acumulado do ano. Na comparação interanual, os resultados foram influenciados diretamente pelo aumento de +13,3% na produção de pelotas de minério de ferro, aumento de +23,5% na produção de petróleo e +6,2% no gás natural”, explicou o diretor de Integração do Instituto Jones dos Santos Neves, Antonio Ricardo da Rocha.

Em relação à Agricultura capixaba, os resultados esperados para as principais culturas mostram que há expectativa de aumento na produção em cinco e queda em outras cinco: Café Conilon (-14,7%), Café Arábica (-22,2%), Pimenta-do-reino (+1,7%), Banana (+3,2%), Mamão (-18,1%), Tomate (-2,0%), Cana-de-açúcar (-0,5%), Cacau (+15,8%), Coco (+9,3%) e Mandioca (+0,9%).

Cálculo do PIB Trimestral

Desde 2009, o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) passou a realizar o cálculo do Indicador de PIB Trimestral. Esse indicador reflete a situação econômica no curto prazo, antecedendo o cálculo do PIB anual, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além do Espírito Santo, apenas outros cinco estados adotam essa metodologia: Amazonas, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco e São Paulo. O Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo 2º trimestre de 2023 está disponível no site do IJSN.

Fonte: Governo ES

Veja também

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França

geral-14-06-ft-gov-es-arvore-fotovotaica

Parque Cultural Casa do Governador recebe árvore fotovoltaica

saude-14-06-ft-gov-es

Nova linhagem do Coronavírus foi detectada no Espírito Santo

policia-14-06-moto-roubada-mf

Motocicleta é furtada em Marechal Floriano e vítima diz que vai mudar de cidade

capa-coluna-vida-saudavel-2

Acidentes de trânsito, um problema de saúde pública

politica-14-06-ft-assessoria-Janete-de-Sa-Desportiva-Ferroviaria

Estádio da Desportiva Ferroviária poderá se tornar patrimônio cultural material do Estado

mundo-14-06-ft-Divulgacao-Queen-Elizabeth-Hospital-vacina-cancer

Vacinas contra o câncer estão em testes no Reino Unido