Parque Augusto Ruschi deve ser aberto definitivamente para visitação em Santa Teresa

Publicado em 17/08/2023 às 09:51

Compartilhe

parque

Fotos: Divulgação

A abertura definitiva do Parque Temático Augusto Ruschi à população de Santa Teresa e aos turistas que visitam o município da Região Serrana do Espírito Santo está mais próxima. É que um dia após o deputado estadual Fabrício Gandini (Cidadania) ter aproximado o Movimento Salve o Parque do Instituto Nacional da Mata Atlântica (Inma), o órgão federal bateu o martelo: o parque ecoturístico ficará aberto à população.

No dia 1º de agosto, o professor Sérgio Lucena, diretor do Inma, esteve no gabinete de Gandini, na Assembleia Legislativa, acompanhado da assessora de comunicação do Instituto, Alba Lívia, em busca de um diálogo com o Movimento Salve o Parque, criado em 2015 e que defende a manutenção do Parque Temático Augusto Ruschi para o lazer e socialização das famílias teresenses e turistas que visitam o local.

A líder do Movimento Salve o Parque, a bancária Carmem Barcellos, mostrou preocupação em relação ao futuro do parque, que está localizado numa área de 100 mil metros quadrados, na entrada da cidade, após o governador Renato Casagrande (PSB) ter anunciado que o local seria cedido ao instituto para ampliar laboratórios e a área de proteção ambiental. 

Casagrande, inclusive, informou que conversou com a ministra da Ciência e Tecnologia, Luciana Santos – o Inma é ligado ao ministério – sobre a sua intenção e disse que também irá conversar com o prefeito, vereadores e a comunidade de Santa Teresa.

O anúncio do governador ocorreu em virtude do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Espírito Santo (Fecomércio-ES), Idalberto Moro, ter informado que o Serviço Social do Comércio (Sesc) desistiu de construir um hotel de luxo no local, com 280 apartamentos, parque aquático e estacionamento para dois mil veículos, o que teria um investimento de R$ 35 milhões. Dessa forma, a área será devolvida ao Estado.

PROJETO – Para isso, Gandini protocolou, na Assembleia Legislativa, um projeto de lei que revoga a Lei Estadual nº 9.606, de dezembro de 2010, que autoriza o Poder Executivo a doar o terreno. A transferência da área para o instituto deve pôr fim a uma briga que já dura mais de uma década.

“Estou pedindo a revogação da legislação para que o parque possa ser devolvido à população de Santa Teresa”, declarou Gandini, que no ano passado presidiu a Frente Parlamentar de Conservação da Biodiversidade Capixaba, responsável por duas audiências públicas para que a população pudesse decidir se era a favor ou contra a construção do hotel ou à manutenção do parque.

HISTÓRICO – Originalmente, a área foi doada ao Estado por Aurélio Gramlich, para que fosse preservada e servisse ao bem público, com a construção de um parque natural e residência de inverno do governador.

Em 2010, no primeiro mandato de Paulo Hartung como governador do Estado, no entanto, houve mudança no destino da área, que foi doada para o Serviço Social do Comércio (Sesc).

Na época, estava em vigência a cessão da terra ao município por um prazo de 25 anos, mas apenas cinco anos após o acordo, o ex-governador pediu a devolução do espaço ao Estado.

Na ocasião já havia sido iniciada a construção do Parque Temático Augusto Ruschi ou Parque Ecoturístico de Santa Teresa, com o uso de recursos federais e municipais na casa de R$ 1 milhão. O parque chegou a ser inaugurado em 2012, mas nunca foi plenamente utilizado pela população.

Em 2013, um grupo de ambientalistas impetrou uma ação popular questionando a doação e consequente extinção do parque temático. Na primeira sentença judicial, foi autorizada a construção do hotel mediante o compromisso do Sesc em manter o parque funcionando. No mês passado, a Fecomércio anunciou a desistência da área.

A líder do Movimento Salve o Parque agradeceu ao empenho do deputado Gandini em todo o processo. “Sem limitar esforços no trabalho e comprometido com a causa, o deputado e sua equipe foram fundamentais para dar voz ao Movimento e chamar atenção da população capixaba, do governo e da nova direção da Fecomércio”, declarou.

Fonte: Assessoria deputado Fabrício Gandini

Veja também

agro-28-05-ft-incaper-divulgacao-morango

Domingos Martins recebe capacitação sobre cultivo semi-hidropônico de morango

CAPA_COLUNA_SOCIAL

Políticos e moradores acompanham abertura da colheita do café arábica em Marechal Floriano

agro-28-05-ft-divulgacao-seag

Governador abre a colheita do café arábica em Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A comemoração dos 489 anos de Vila Velha teve show de inclusão e do Alemão do Forró

turismo-28-05-ft-divulgacao-setur

Projeto transforma Estrada de Ferro Leopoldina em polo turístico no Espírito Santo

mundo-27-05-ft-FRT-papa-guine

Mais de 2.000 foram soterrados em deslizamento em Papua-Nova Guiné

mat-paga-mundo-27-05

Dicas Infalíveis para Encontrar o Melhor Site de Poker: Uma Análise Profunda

politica-27-05-ft-Tania-Rego

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias