Paredão da extinta linha férrea é pintado e embeleza via pública em Marechal Floriano

Publicado em 24/11/2021 às 12:15

Compartilhe

Paredao-da-extinta-linha-ferrea-e-pintado-e-embeleza-via-publica-em-Marechal-Floriano-2

Texto: Roberly Pereira / Fotos: Roberly Pereira

Uma equipe de pintores está realizando um trabalho que promete embelezar de cores um muro localizado na Rua Emílio Oscar Hulle, em Marechal Floriano. Os profissionais iniciaram ontem (23) o trabalho de pintura no paredão amarelo, em um trecho com mais de um quilômetro no centro desta cidade.

O prefeito Cacau Lorenzoni comentou que o objetivo da realização de uma nova pintura é o de promover a qualidade do visual da cidade, usando tintas fortes em vias públicas movimentadas por visitantes e pelos próprios moradores da cidade. “Ficará espetacular a cor do paredão”.

O secretário de Obras e Serviços Urbanos de Marechal Floriano, Antônio Malini, que visita a obra de pintura dos paredões todos os dias, informou que o trabalho é realizado com alta qualidade, já que o profissionalismo está em primeiro plano para os pintores. “Esta via ficará maravilhosa na lateral pintada em amarelo”.

A comerciante Ana Pereira comenta que o trabalho realizado pelos pintores deverá ficar pronto em poucos dias. “O paredão amarelinho nos oferecerá um visual perfeito”, disse.

Veja também

© Ale Cabral/CPB/Direitos Reservados

Medalhistas prestigiam Festival Paralímpico, que ocorre neste sábado

© Leonardo Moreira/FEC/Direitos Reservados

Fortaleza se classifica para sua primeira Libertadores

© Marcelo Cortes/Flamengo/Direitos Reservados

Vice-campeão Flamengo empata com rebaixado Sport em Recife

© José Tramontina/athletico.com.br/Direitos Reservados

Athletico-PR derrota Cuiabá na Arena da Baixada e se afasta do Z4

107879

Comissão da Câmara faz audiência na quarta sobre piso para enfermagem

© 28/10/2021_Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: estado do Rio está com risco muito baixo pela segunda semana

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22 milhões de casos e 615,4 mil óbitos

© Carol Morelli/Arquivo Pessoal

Quarteto feminino bate recorde mundial de natação master