Orçamento secreto: Rogério Marinho deverá prestar esclarecimentos no Senado

Publicado em 17/11/2021 às 08:20

Compartilhe

105451


source
A Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) do Senado vai ouvir Marinho em dezembro
Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) do Senado vai ouvir Marinho em dezembro

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vai prestar esclarecimentos no Senado sobre o ”orçamento secreto”  do governo federal. Marinho vai ter que comparecer na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) no dia 7 de dezembro, às 14h30.

Presidente da CTFC, senador Reguffe (Podemos-DF) confirmou a informação durante a abertura da sessão nessa terça-feira. Segundo o parlamentar, ”um ministro deve satisfações à sociedade e ao Parlamento”.

Leia Também

Na comissão, os senadores também aprovaram pedido de informações aos ministros da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e da Defesa, Walter Braga Netto, a respeito da emissão de licenças para posse e porte de armas no Brasil.

Na última semana, o STF suspendeu o pagamento das emendas do relator, conhecidas também como ”orçamento secreto”. Uma das principais críticas sobre essas emendas parlamentaras, que são usadas pelo governo Bolsonaro, é que falta de publicidade sobre os gastos.

Veja também

107714

Cumbre Vieja: mais de 6 mil pessoas ficam desabrigadas por conta das erupções

107712

Alemanha: Merkel se despede após 16 anos como chanceler

107710

Polícia prende homem que estava armado em frente à sede da ONU nos EUA

© Raquel Portugal/FioCruz

Boletim da Fiocruz sinaliza aumento de casos de SRAG em 13 estados

© NIAID

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

© NIAID

País segue tendência estável de transmissão da covid-19

© Arquivo/Gilberto Marques/Governo do Estado de São Paulo

Rio monta estrutura extra para atender casos de gripe

107700

Auxílio gás e Alimenta Brasil são regulamentados por Bolsonaro