Offshore: Guedes será denunciado no MPF por omitir do governo registro da filha

Publicado em 15/11/2021 às 14:50

Compartilhe

105183


source
Paula Drumond Guedes
Reprodução/Correio da Bahia

Paula Drumond Guedes

O deputado federal Elias Vas, do PSB de Goiás, vai denunciar o ministro da Economia, Paulo Guedes, no Ministério Público Federal (MPF) por manter sua filha Paula Drumond Guedes no comando da sua  offshore Dreadnoughts International, nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal situado no Caribe. A informação é da coluna Painel, da Folha de São Paulo. 

Segundo Vaz, a documentação encaminhada pelo ministro à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, da qual o parlamentar faz parte, prova que Paula era sócia da empresa desde 2015, e não se desligou das atividades durante o exercício do pai no cargo de ministro. 

Ao assumir a pasta, Guedes não informou a atuação da filha na Declaração Confidencial de Informações (DCI), que serve, segundo especialistas, para abranger dados sobre potenciais conflitos de interesses decorrentes de relações familiares.

“Entendo que a empresa está sob suspeita. É no mínimo muito estranho Guedes ter omitido essas informações. Por isso, é importante que o Ministério Público Federal analise o extrato de desempenho dessa offshore para saber se não foi beneficiada por informações privilegiadas que Guedes obteve por ser ministro”, diz Elias Vaz à Folha.

Segundo as reportagens que revelaram a empresa em outubro, o ministro, sua esposa e sua filha são acionistas da Dreadnoughts. Em 2015, ela tinha US$ 9,5 milhões.

Leia Também

Guedes defende que a empresa é legal e os bens estão declarados junto à Reeita Federal.

Faltou convocação para explicar offshore

O ministro da Economia, Paulo Guedes, conseguiu piorar sua rejeição frente ao Congresso Nacional nesta semana, após faltar ao depoimento na Câmara sobre suas offshores em paraíso fiscal, na quarta-feira (10) . Guedes é alvo do Centrão, e deputados do grupo que dá sustentação ao governo de Jair Bolsonaro admitem que o ministro é cada vez mais mal visto.

Guedes alegou conflito de agenda para fugir de seu depoimento à Câmara. Segundo o presidente da Casa, no entanto, isso não deve ter ‘livrado’ o chefe da Economia de prestar esclarecimentos. Arthur Lira (PP-AL) diz que Guedes deverá fazer seu depoimento na próxima terça-feira (16).

Veja também

Acidente km 43

Seis feridos em acidente envolvendo dois carros de passeio na BR-262

108010

‘Passaporte da vacina’: no 1º domingo, poucos restaurantes cobram comprovante

© Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22,1 milhões de casos e 615,6 mil mortes

© Pedro Souza/Atletico

Bahia respira, Grêmio agoniza e Atlético-MG faz a festa com a torcida

108004

Paulo Guedes define nomes para reestruturação do Ministério da Economia

108000

EUA: Memorial em homenagem a Anne Frank é vandalizado com suásticas

107998

Petrobras vai reduzir preço dos combustíveis esta semana, diz Bolsonaro

107993

Maduro é retratado como super herói em desenho de TV estatal na Venezuela