No G20, ministra Nísia Trindade defende cooperação internacional e tecnologias em saúde para o enfrentamento de futuras pandemias

Publicado em 20/08/2023 às 06:00

Compartilhe

No-G20-ministra-Nisia-Trindade-defende-cooperacao-internacional-e-tecnologias-em-saude-para-o-enfrentamento-de-futuras-pandemias

Para a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o sucesso no enfrentamento de futuras pandemias vai depender do nível de interação entre os países e da capacidade de eles se integrarem para aumentar a resiliência dos sistemas nacionais de saúde. A afirmação foi feita nesta sexta-feira (18), primeiro dia da Reunião de Ministros da Saúde do Grupo dos 20 (G20), que acontece em Gandhinagar, na Índia. O evento marca o começo da transição da presidência do grupo da Índia para o Brasil e a retomada do protagonismo brasileiro nos debates que envolvem questões globais de saúde.  

“A pandemia de Covid-19 expôs nossas vulnerabilidades e provocou discussões no mais alto nível sobre maneiras de melhorar a arquitetura internacional e aumentar a resiliência de nossos sistemas nacionais de saúde, incluindo produção e inovação”, destacou a ministra. “Capacidade de vigilância e mecanismos de recuperação, força de trabalho de saúde treinada e produção local e regional de produtos de saúde, são a base para a prevenção, preparação e resposta a emergências sanitárias”, acrescentou.  

A ministra aproveitou o encontro para enfatizar a necessidade de fortalecimento das capacidades nacionais de vigilância e resposta à resistência antimicrobiana, além da importância de garantir a produção, o fornecimento e o acesso universal a produtos de baixo custo.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) também foram abordados durante a reunião. As ODSs são um pacto global assinado durante a Cúpula das Nações Unidas em 2015, composto por 17 objetivos interconectados. “Precisamos de um impulso concreto e eficaz para alcançar nossas metas, um que possa ser sustentado nos próximos anos, ou nossas palavras se revelarão vazias, para decepção legítima de nossos povos”, disse a ministra. 

Saúde indígena

Nesta sexta (18), a ministra também participou de cúpula para debater a medicina tradicional. Na oportunidade, mencionou a Resolução sobre a Saúde dos Povos Indígenas, proposta pelo Brasil e adotada por consenso na última Assembleia Mundial da Saúde. “A resolução incentiva os países a desenvolverem planos nacionais que incluam a exploração de maneiras apropriadas de integrar serviços de medicina tradicional e complementar nos sistemas de saúde”, disse. 

Saiba mais

Atualmente, 170 Estados-Membros comunicaram à Organização Mundial de Saúde (OMS) a utilização da Medicina Tradicional e solicitaram provas e dados para informar políticas, normas e regulamentação para a sua utilização segura, rentável e equitativa.

Agenda no G20 

A segunda parte da Reunião de Ministros da Saúde do G20 continua neste sábado (19). Além de encontros bilaterais, estão previstos debates sobre o fortalecimento da cooperação no setor farmacêutico, com foco na disponibilidade e acesso a contramedidas médicas seguras, e modelos de inovação e transformação digital dos países, oportunidade em que será lançada a Iniciativa Global de Saúde Digital.

O G20 reúne chefes de estados, ministros e autoridades da África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia. 


Nathan Victor 
Ministério da Saúde

Veja também

agro-19-06-ft-incaper

Unidades demonstrativas vão incentivar irrigação sustentável na cafeicultura capixaba

esporte-19-06-ft-gov-es-surfista-capixaba

Surfista capixaba conquista segundo lugar em etapa do Sul-Americano

saude-19-06-ft-Cicero-Modulo-CIAM-PMMF

Marechal Floriano oferece suporte psicológico e jurídico a mulheres

Texto: Roberly Pereira / Fotos: Julio Huber e Divulgação

Domingos Martins realiza festa em homenagem à padroeira Santa Isabel

politica-19-06-ft-gov-es-alunos

Governo do Estado oferece mais de mil vagas em cursos técnicos nos CEETs

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-2

A garantia da acessibilidade no transporte aquaviário

geral-18-06-ft-gov-es-detran

Detran|ES informa sobre indisponibilidade temporária na realização de serviços do órgão

politica-18-06-ft-MARCELO-CAMARGO-AGENCIA-BRASIL

PEC que permite trabalho para adolescentes de 14 anos será discutida hoje