N26: conheça a fintech alemã que chegou no Brasil para concorrer com o Nubank

Publicado em 08/11/2021 às 14:21

Compartilhe

103890


source

Nesta quinta-feira (4), a fintech alemã N26 chegou ao Brasil. Assim, apresentada como promessa a ‘2ª geração’ das fintechs, que visa se distinguir das companhias pioneiras do mercado financeiro e tecnológico, como o Nubank , Banco Inter e C6 Bank.

Desse modo, o N26, que está avaliado em US$ 9 bilhões (R$ 49,904 bilhões), deu a largada na fase de teste de sua operação no país, integrando 2000 pessoas para testagem da plataforma da marca.

A propósito, o conceito principal consiste em facilitar e aprimorar a relação do indivíduo com o dinheiro. No entanto, a fintech ainda não compartilhou com o mercado como este trabalho será realizado. Atualmente, a fintech abrange 7 milhões de clientes.

Chegada ao Brasil

Deste 2019, enquanto aguardava uma licença do Banco Central, a fintech alemã apresentava interesse em incorporar o mercado brasileiro

Leia Também

A previsão de lançamento do banco está estimada para o primeiro semestre do ano que vem. Logo, administrada pela equipe pioneira totalmente local do banco, que integra 50 funcionários no Brasil.

“O acesso digital e o relacionamento mais próximo e centrado no usuário permitiu a abertura de milhões de contas digitais. Mas, mesmo assim, a relação do brasileiro com dinheiro não melhorou”, diz Eduardo Prota, diretor do N26 Brasil.

Até o momento, o N26 está presente em 25 países. O Brasil será o 26º a integrar a fintech.

Objetivo do N26

Nesse sentido, o N26 chega ao Brasil com um aspecto descontraído, destacando que em seu portfólio, que atende 26 países, detém confiança e experiência global. Portanto, a fintech visa promover o cuidado com o dinheiro.

“Queremos resolver o problema do brasileiro. O acesso aos produtos ficou mais fácil, mas o aconselhamento segue difícil. É como se você fosse a uma farmácia e começasse a ter que buscar remédios sem conhecimento”, diz Eduardo Prota, diretor do N26 Brasil.

Leia Também

Sendo assim, Eduardo ressalta que para dar largada em suas operações no país, a fintech irá fazer algo além do que apenas desenvolver conteúdo. Além disso, deve importar ferramentas utilizadas na Alemanha para aprimorar os serviços no país.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

Veja também

107630

Agropecuária despenca 8% e puxa queda do PIB

107628

Governo abre mão de pontos da PEC dos Precatórios para aprovar texto no Senado

© Tomaz Silva/Agência Brasil

Covid-19: 90% dos adultos brasileiros já tomaram a 1ª dose da vacina

107624

Sindicato dos Hospitais de SP é contra aglomerações no réveillon

© Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

São Paulo registra queda em casos de HIV pelo quarto ano seguido

© Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC

São Paulo mantém exigência do uso de máscaras em ambientes abertos

Periodo-aberto-para-a-Pre-Matricula-da-Rede-Estadual-1

Período aberto para a Pré-Matrícula da Rede Estadual

107614

Bolsonaro sanciona lei de programa de crédito para micro e pequenas empresas