Movimento contra a corrupção reúne políticos e moradores em Domingos Martins

Publicado em 20/10/2016 às 15:50

Compartilhe

Dez dos 13 vereadores eleitos de Domingos Martins, o prefeito Carlinhos Borboleta, o prefeito eleito Wanzete Kruger, o major da Polícia Militar Welington Nalesso Denadai, o promotor de Justiça Evaldo Teixeira, a juíza Mônica da Silva Martins, estudantes e representantes da sociedade e de diversas entidades participaram, na tarde de hoje (10), de uma ação nacional que visa divulgar o movimento “10 Medidas Contra a Corrupção”, do Ministério Público Federal (MPF).

No município, a iniciativa de chamar a atenção dos moradores foi da Loja Maçônica Domingos José Martins. O dia de hoje foi escolhido por ser a dada 10/10, em referência às 10 medidas, que fazem parte de um projeto de lei de iniciativa popular, e que está tramitando no Congresso Nacional. Em todo o Brasil, foram colhidas dois milhões de assinaturas em todo o Brasil em apoio à iniciativa.

Um banner foi confeccionado, com a lista das dez medidas, e foi instalado no coreto da Praça Dr. Arthur Gerhardth, em Campinho, Sede do município. A ação simbólica iniciou e terminou com os participantes cantando o Hino Nacional, acompanhado do músico Jarbas Rocha, com seu saxofone. Também foi exibido um vídeo que mostrou diversas personalidades nacionais apoiando o movimento.

O médico Álvaro Lopes de Vereno Filho, que idealizou o movimento de hoje, destacou que a ideia é que os políticos locais abracem a iniciativa nacional. “A partir do projeto de lei do Ministério Público Federal, surgiu o movimento “Mude”, em Curitiba, no Paraná, que é composta por pessoas que ajudaram na coleta das assinaturas necessárias para o projeto contra a corrupção”.

 

De acordo com Álvaro, a expectativa é de que ainda no mês de novembro o projeto de lei seja votado no Congresso Nacional. O prefeito Carlinhos Borboleta elogiou a iniciativa da maçonaria e afirmou que apoia o movimento. “Parabenizo os organizadores e fico feliz que não tivemos nenhum caso de corrupção em todas as administrações do nosso município, o que é um exemplo para o Brasil”, destacou.

 

O promotor Evaldo Teixeira disse que o movimento é de extrema importância para todo o Brasil. “Vimos nessas últimas eleições que o povo quer mudança. No Espírito Santo, cerca de 50% das Câmaras foram renovadas. Todos estão cansados de tantos escândalos e de tantas falcatruas no meio público. É importante entendermos essas medidas e esperamos que elas sejam cumpridas. É muito importante a participação da população para o nosso trabalho de combate à corrupção”, comentou.
 

 

A juíza Mônica da Silva Martins informou que percebe a necessidade de uma boa gestão pública quando os moradores vão até o Fórum em busca de seus direitos, como um remédio que foi negado, vagas em hospitais e outros. “O dinheiro que é desviado poderia ajudar muito a população. Os moradores precisam mesmo participar e exigir seus direitos”, enfatizou.
 
Representante do Rotary Club, o advogado Valmir Silva Coutinho Gomes também falou sobre a importância das dez medidas contra a corrupção serem postas em prática. “Não poderíamos estar de fora dessa grande iniciativa em nosso município. Vejo que nossa geração está diante de um dos maiores desafios já enfrentados no Brasil. Depois de um período ditatorial, estamos em um regime democrático, que nos permite estar aqui hoje, para que o futuro do nosso país galgue melhores dias, e que possamos entregar aos nossos jovens um país e um mundo melhor”, afirmou.

 

A estudante Raylaine Vieira Dutra, 15 anos, falou em nome dos jovens do município. Segundo ela, a corrupção está se agravando cada vez mais e que o Brasil é conhecido como um país corrupto.

 

“Espero que essas medidas ajudem a transformar o Brasil em um país cada vez mais limpo, cada vez mais transparente. Esperamos que possamos ter confiança naqueles que escolhemos para cuidar da nossa sociedade. Que essa nova geração busque entender mais de política, e não deixa de lado como sendo uma coisa qualquer. Precisamos de uma sociedade mais justa e mais correta”, disse.

AS DEZ MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO

01 – Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação
02 – Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos
03 – Aumento das penas e crime hediondo para a corrupção de altos valores
04 – Eficiência dos recursos no processo penal
05 – Celeridade nas ações de improbidade administrativa
06 – Reforma no sistema de prescrição penal
07 – Ajustes nas nulidades penais
08 – Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2
09 – Prisão preventiva para assegurar a devolução do dinheiro desviado
10 – Recuperação do lucro derivado do crime

Veja também

cultura-15-07-ft-div-festival-de-inverso-Vanessa-Damata

Assista como foi o primeiro final de semana do Festival de Inverno de Domingos Martins

agro-15-07-ft-divulgacao-queijo-Domingos-Martins

Domingos Martins tem queijo medalha de ouro em concurso nacional

brasil-15-07-ft-reproducao-arquivo-pessoal-portal-ig

Picada de aranha mata turista na Bahia e amigo da vítima acusa restaurante

mundo-15-07-ft-divulgacao-Roberto-Cardassi

Empresário brasileiro suspeito de dar golpe de R$ 160 milhões é detido em Portugal

mat-paga-15-07-mundo-aviator

Os Melhores Jogos Crash Online – Diversão e Lucros Garantidos

mat-paga-15-07-ft-istockiphoto

O Papel da Psicologia nas Apostas

esporte-15-07-ft-div-gov-es-ginastas-capixabas

Dupla capixaba da ginástica rítmica garante pódio por equipe em última competição antes da Olimpíada

saude-15-07-ft-div-SESA-cirurgia

Espírito Santo soma mais de 70 mil cirurgias eletivas realizadas neste ano