Mortes em terremoto na Turquia e na Síria passam dos 19 mil

Publicado em 09/02/2023 às 16:51

Compartilhe

Mortes-em-terremoto-na-Turquia-e-na-Siria-passam-dos-19-mil

Foto: Reprodução/Redes Sociais – 06.02.2023

Milhares de pessoas ainda estão desaparecidos mais de três dias após o abalo sísmico

Mais de três dias após o maior terremoto dos último 80 anos na Turquia e na Síria , o número de mortos confirmados na região é de mais de 19 mil. O Tremor de magnitude 7,8 abalou a região diversas regiões dos dois países na última segunda-feira (6).

Segundo o último balanço divulgado pelo governo turco na manhã desta quinta-feira (9), as mortes no país já são 16.170 mil. Já a Síria, contabiliza 3.192 mortos — somando os dois países as mortes já são 19.362.

O terremoto já é considerado o pior da região nas últimas décadas . Ele durou cerca de um minuto e meio. O epicentro do tremor foi a 10 km da superfície, afirmou o Centro Alemão de Pesquisa em Geociências. O abalo sísmico teve origem perto da cidade de Kahramanmaras, segundo a autoridade turca responsável por administrar desastres e emergências no país.

Novos abalos

Nove horas após o primeiro terremoto, houve um segundo tremor de magnitude 7,5 . O epicentro foi registrado a cerca de quatro quilômetros de Ekinozu, no sudeste da Turquia, a 10 quilômetros de profundidade.

No dia seguinte, outro terremoto, dessa vez de magnitude 5,6 atingiu o centro da Turquia . O novo abalo foi registrado a 2 km de profundidade.

Resgate

O vice-presidente da Turquia, Fuat Oktay disse que as condições climáticas severas dificultaram o envio de ajuda às regiões afetadas e a realização de resgates. Segundo a autoridade turca, apenas veículos de resgate e de ajuda estão autorizados a entrar ou sair das três províncias mais afetadas: Hatay, Kahramanmaras e Adiyaman.

Ainda, a Sociedade Médica Sírio-Americana comunicou que os hospitais estão sobrecarregados e há pacientes nos corredores.

Na última terça-feira (7), o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, decretou luto oficial pelo período de sete dias por conta das milhares de vítimas do terremoto.

“Devido aos terremotos ocorridos em nosso país em 6 de fevereiro de 2023, foi declarado luto nacional por sete dias. Nossa bandeira será hasteada a meio mastro até o pôr do sol do domingo, 12 de fevereiro de 2023, em todas as nossas representações nacionais e estrangeiras”, escreveu o líder na sua conta oficial do Twitter.

Fonte: Portal iG

Veja também

geral-24-06-ft-Divulgacao-Ibama

Servidores federais ambientais iniciam greve

cultura-24-06-ft-Cicecro-italemanha

Preparativos para a Italemanha em ritmo acelerado em Marechal Floriano

geral-24-06-ft-div-gov-es

Recurso emergencial chega a empresas afetadas pelas chuvas no Espírito Santo

brasil-24-06-ft-Reproducao-Twitter-enchente-RS

Nível do Guaíba sobe 23 cm e prefeitura emite alerta para inundações no RS

saude-24-06-ft-freepik-vacina

Saúde reforça importância da vacinação contra sarampo àqueles que vão à Olimpíada de Paris

turismo-24-06-ft-divulgacao-Rota-dos-Queijos

Rota dos Queijos em João Neiva: uma jornada de sabor e tradição

politica-24-06-STF-porte-maconha

STF retoma julgamento sobre porte de maconha para consumo

mundo-24-06-ft-reproducao-portal-ig

Médico brasileiro sobrevive à acidente que vitimou 9 pessoas na Namíbia, incluindo sua esposa