Ministro Anderson Torres inaugura novo posto operacional da PRF no Espírito Santo

Publicado em 01/10/2021 às 14:26

Compartilhe

a09e8ff3-5c7d-4e8b-a776-33d2c9eb6ab1

Brejetuba (ES), 30/09/2021 – O trabalho de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Espírito Santo ganha um importante reforço com a nova Unidade Operacional do órgão, na Rodovia BR 262, em Brejetuba (ES), inaugurada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, nesta quinta-feira (30). A entrega marca os mil dias de gestão do Governo Federal.

“Com instalações mais modernas e adequadas às necessidades do trabalho, a Polícia Rodoviária Federal reforçará sua atuação no combate ao crime organizado nas rodovias do Espírito Santo e, também, na garantia da segurança viária, melhorando ainda mais o serviço prestado à população”, ressaltou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

Foram investidos R$ 4,8 milhões na unidade. A nova instalação conta com canil, cobertura de fiscalização, plataforma de fiscalização, elevador para veículos e um módulo para instituições conveniadas operarem de forma integrada, além de atender a requisitos de menor impacto ambiental.

Ações que transformam

Nesses 1.000 dias de trabalho do Governo Federal, a região Sudeste sempre esteve no foco de atuação do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Desde 2019, o Ministério da Justiça e Segurança Pública repassou mais de R$ 260 milhões para que os governos dos Estados da região Sudeste invistam em segurança pública. Para 2021, a previsão é de cerca de R$ 115 milhões. Os recursos são suplementares aos que cada Estado deve investir na aquisição de equipamentos, capacitações e tecnologias para as forças de segurança.

A Força Nacional de Segurança Pública apoiou mais de 10 operações na região Sudeste em ações de polícia judiciária, perícia, policiamento ostensivo, policiamento aéreo e bombeiro.

O Ministério também entregou, na segunda-feira (27), o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública Regional Sudeste (CIISPR-SE), em São Paulo. No local, serão desenvolvidas atividades de coleta de informações sobre integrantes das organizações criminosas e elaboração de estratégias preventivas no combate ao tráfico de armas, de drogas e redução de violência criminosa.

Nesses mil dias de governo, o Sudeste também foi palco de diversas operações integradas. Entre elas, operações que desarticularam organização criminosa especializada na prática de fraudes eletrônicas e de combate ao tráfico de drogas e violência contra vulneráveis.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) arrecadou R$ 25 milhões com leilões de bens apreendidos em operações policiais, de 2019 até o mês de agosto de 2021, na região Sudeste. Foram 67 leilões nos quais estiveram disponíveis para arremates quase 2 mil itens.

Mais de 2,6 mil solicitações de refúgio foram atendidas na região, com destaque para os estados de São Paulo, com 1.757, e do Rio de Janeiro, com 775.

Os consumidores da região também contam com a implantação do projeto-piloto ProConsumidor, que irá unificar órgãos de defesa do consumidor. Além da maior adesão de empresas à plataforma consumidor.gov.br.

Computadores, equipamentos de videoconferência e veículos foram entregues aos estados para melhorar o trabalho da Funai no Sudeste.

Veja também

107275

Governo reduz mistura de biodiesel para desacelerar alta do diesel em 2022

107273

Conta de luz: tarifa social barateia cálculo para 23,8 milhões de famílias

107271

Trabalhador recebe hoje 1ª parcela do 13º; economistas defendem uso consciente

107269

Auxílio Brasil: veja quem recebe o benefício nesta terça-feira

107267

Saque-aniversário do FGTS: prazo para retirada termina hoje para novo grupo

© Marcos Oliveira/Agência Senado

Senado aprova novas regras para emendas de relator

© Reuteres/Sergio Moraes/Direitos reservados

Comitê recomenda que réveillon no Rio de Janeiro seja mantido

© Bruno Corsino/ACG/Direitos Reservados

Atlético-GO derrota Bahia e se afasta do Z4 do Brasileiro