Médico Douglas Puppin morre aos 84 anos

Publicado em 27/02/2023 às 10:56

Compartilhe

Medico-Douglas-Puppin-morre-aos-84-anos-1

Foto: Wellington Abner/Arquivo Ales

Natural de Alfredo Chaves, e bastante conhecido e querido por moradores de municípios da Região Serrana do Estado, como de Marechal Floriano e Domingos Martins, o médico e ex-deputado estadual do Espírito Santo, Douglas Puppin, morreu aos 84 anos neste domingo (26).

Ele foi professor da Universidade Federal do Espírito Santo (1963 a 1998), atuou como secretário de Saúde do Estado e ainda fez parte do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo. O vereador Cezinha Ronchi, presidente da Câmara Municipal de Marechal Floriano, destacou que o médico foi um dos maiores guardiões da memória da imigração do Brasil.

O governador Renato Casagrande lamentou a morte do médico. Por meio de uma mensagem em uma rede social, Casagrande prestou condolência à família. “Recebo com muito pesar a notícia da morte do médico, ex-deputado estadual do ES e ex-secretário de Saúde, Douglas Puppin. Sua partida deixa uma lacuna na política capixaba e na medicina, onde se dedicou a cuidar das pessoas e salvar vidas. Meus sentimentos à família”, escreveu.

O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Marcelo Santos, decretou luto oficial de três dias, em virtude da morte do médico e ex-deputado estadual. Na Assembleia Legislativa exerceu dois mandatos como deputado estadual, entre 1983 e 1991, pelo então PMDB.

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Marcelo Santos, ressaltou a relação de amizade que tinha com Puppin. “Tive uma relação de amizade muito bacana com ele, que sempre me contava histórias da época em que era deputado e me tornei um admirador desse ser humano com exemplar atuação como médico e deputado que foi. Chegamos a discutir ações do Estado como acesso à região de Aparecidinha. Perde a política capixaba, a medicina e literatura do nosso Estado. Meus sentimentos aos amigos e familiares”, disse Marcelo Santos.

Puppin é autor de diversas obras sobre a imigração italiana no Estado, como “Do Veneto para o Brasil” (1981), “Giovani Maria” (romance, 1982), “Assim cantava a nonna (1988), “La vita de Vitório” (1994) e “Pietro: Benemérito da libertação de Roma” (2001).

Ele também publicou obras científicas, artigos e pesquisas, sobre sua especialidade médica. Em setembro de 2021, tomou posse da cadeira 36 da Academia Espírito-santense de Letras. A cremação do corpo de Puppin será nesta segunda-feira (27), no cemitério Parque da Paz, em Vila Velha.

Veja também

agro-28-05-ft-incaper-divulgacao-morango

Domingos Martins recebe capacitação sobre cultivo semi-hidropônico de morango

agro-28-05-ft-divulgacao-seag

Governador abre a colheita do café arábica em Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A comemoração dos 489 anos de Vila Velha teve show de inclusão e do Alemão do Forró

turismo-28-05-ft-divulgacao-setur

Projeto transforma Estrada de Ferro Leopoldina em polo turístico no Espírito Santo

mundo-27-05-ft-FRT-papa-guine

Mais de 2.000 foram soterrados em deslizamento em Papua-Nova Guiné

mat-paga-mundo-27-05

Dicas Infalíveis para Encontrar o Melhor Site de Poker: Uma Análise Profunda

politica-27-05-ft-Tania-Rego

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias

brasil-27-05-ft-Rafa-Neddermeyer-alunos-enem

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje