Manilhas substituem ponte no interior de Marechal Floriano

Publicado em 05/11/2020 às 11:25

Compartilhe

As famílias de Santa Maria, Marechal Floriano, que dependiam de uma ponte antiga, que permitia a passagem de veículos particulares e cargas pesadas de produtos da lavoura, direcionadas aos centros de consumo, como a Grande Vitória, prosseguem na atualidade aos destinos sobre manilhas de porte superior.

Manilhas substituem ponte no interior de Marechal FlorianoO secretário de Obras e Serviços Urbanos de Marechal Floriano, afirmou que a ponte antiga já não suportava os veículos pesados e por isso o manancial manteve o mesmo direcionamento, entretanto com toda a água seguindo por 16 manilhas medindo 1,20 metro cada.

Malini acrescentou que a ponte estava sem as mínimas condições de reformas e por isso utilizou as manilhas aterradas ao solo, com o resultado de qualidade. “O serviço realizado com manilhas é excelente e estamos comprovando o que prometemos”, acrescentou.

Para o servidor Adeir Endlich, o serviço realizado pela empreiteira é de excelente qualidade e substituirá certamente a ponte que estava totalmente destruída pelo tempo de uso. “Conseguimos concluir esse trabalho que proporcionará muito prazer a todos os moradores que não verão mais uma ponte deteriorada como antes estava”.

Veja também

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

© Reuters/Denis Balibouse/ Direitos Reservados

Brasil recebe mais dois lotes de vacinas da Pfizer

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

CCJ da Câmara aprova admissibilidade da PEC dos Precatórios

© Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

Brasil vence Argentina no Sul-Americano de vôlei feminino

© Bruno Haddad/Cruzeiro/Direitos reservados

Série B: VAR anula gol nos acréscimos e Cruzeiro empata com Operário

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

CRB arranca empate com o Vasco na 24ª rodada da Série B

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Decreto aumenta alíquotas do IOF para custear novo Bolsa Família

© Rovena Rosa/Agência Brasil

CoronaVac dá proteção acima de 90% a quem tem comorbidades, diz estudo