Mais de 150 pessoas foram detidas em protesto antivacina na Holanda

Publicado em 23/11/2021 às 18:21

Compartilhe

106390


source
Nas cidades de Zwolle, Groningen e Roosendaal (foto), pequenos grupos de manifestantes provocaram confusão
Reprodução

Nas cidades de Zwolle, Groningen e Roosendaal (foto), pequenos grupos de manifestantes provocaram confusão

Pelo menos 21 pessoas foram presas na Holanda, após uma quarta noite de protestos contra as restrições impostas no país para conter a pandemia de Covid-19, informou a polícia. No total, mais de 150 pessoas foram presas no contexto destas manifestações, organizadas após o restabelecimento das restrições sanitárias em 13 de novembro.

Nas cidades de Zwolle, Groningen (norte) e Roosendaal (sul), pequenos grupos de manifestantes provocaram distúrbios, embora em menor escala do que os registrados no fim de semana em Rotterdam e em Haia.

O primeiro-ministro Mark Rutte classificou estes atos de “violência pura” por parte de “idiotas”. Seu governo planeja tomar medidas que podem levar ao confinamento, se o número de casos não cair.

Em Zwolle, declarou-se o estado de emergência, e 13 pessoas foram presas, tuitou a polícia local. Segundo a rede RTL, os suspeitos foram presos por posse de fogos de artifício, desacato, ou por não terem seu documento de identidade.

Em Roosendaal, oito pessoas foram detidas por provocarem incêndios.

Leia Também

Agora, bares, restaurantes e lojas considerados essenciais fecham às 20h locais (18h em Brasília), e os demais estabelecimentos comerciais, às 18h locais.

Os cidadãos também devem priorizar o trabalho remoto e não receber mais do que quatro pessoas em casa. Manifestações estão proibidas, e jogos de futebol são disputados sem público.

O governo também tem um projeto de lei para implementar o passaporte sanitário de pessoas vacinadas, ou que se recuperaram da Covid-19, para o acesso a bares, restaurantes e outros locais públicos.

Na sexta-feira à noite, uma manifestação em Roterdã degenerou em confrontos, e quatro pessoas ficaram feridas depois que a polícia abriu fogo. No dia seguinte, cinco policiais ficaram feridos em Haia em uma manifestação similar.

Fonte: IG Mundo

Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022