Maduro chama Bolsonaro de “imbecil” e “palhaço” por associar vacina à Aids

Publicado em 27/10/2021 às 08:20

Compartilhe

102275


source
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
Agência Brasil

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou o chefe do Executivo brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido), de “imbecil”, “palhaço” e “irresponsável”  por associar a vacinação contra a Covid-19 à Aids.

“O imbecil do Jair Bolsonaro no Brasil… imbecil, palhaço, disse ontem uma estupidez típica de alguém de direita, desprestigiado. […] Ele disse que as vacinas contra o coronavírus, quando aplicadas, causavam Aids”, declarou Maduro em discurso transmitido pela TV estatal do país..

“Bolsonaro, todos os dias, passa seu tempo falando mal da Venezuela, em vez de se dedicar a governar e atender o povo. O Brasil atingiu 600 mil mortes pelo coronavírus”, completou.

A declaração de Bolsonaro repercutiu mundialmente e motivou  pedidos de investigação de parlamentares brasileiros do PDT e do PSOL. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), também comentou a fala e disse que se Bolsonaro “não tiver nenhuma base científica” que sustente sua alegação, “vai pagar” por ela.

Fonte: IG Mundo

Veja também

© Thais Magalhães/CBF/Direitos Reservados

Seleção feminina encerra temporada com título do Torneio de Manaus

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Copa Verde: Paysandu e Remo empatam em clássico de tempos distintos

© Reuters/Carlos Osorio/Direitos Reservados

Pfizer: 1 milhão de doses chegam ao Brasil hoje

107575

Mega-Sena sorteia R$ 11 milhões nesta quarta; confira as dezenas

107573

EUA têm 10 milhões de vagas, mas não despertam interesse; entenda o porquê

© Edilson Rodrigues/Agência Senado

Plenário do Senado aprova indicação de André Mendonça ao STF

© ONU/Unaids/Divulgação

Atos no Rio marcam Dia Mundial de Luta contra a Aids

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Anvisa defende transparência e cooperação entre agências reguladoras