Lojas sobem preços de produtos às vésperas da Black Friday, aponta Procon-RJ

Publicado em 25/11/2021 às 15:20

Compartilhe

106711


source
Procon-RJ fez levantamento sobre preços das principais lojas do Brasil
Lorena Amaro

Procon-RJ fez levantamento sobre preços das principais lojas do Brasil

O monitoramento de preços dos produtos mais procurados durante a Black Friday feito pelo Procon Estadual do Rio de Janeiro (Procon-RJ), aponta aumento até 57% nos valores às vésperas da promoção. A pesquisa foi feita entre 27 de outubro e 18 de novembro.

A air fryer, fritadeira sem óleo, foi o produto que registrou a maior alta, de 57%. O aspirador robô, que virou uma febre durante a pandemia, teve uma variação de preço de 34%.  Notebook e celular, produtos sempre na lista de mais vendidos em todas as edições da Black Friday, registram aumento de 32% e 28%, respectivamente.

O levantamento foi feito em oito grandes sites. Os agentes verificaram os preços de pelo menos 80 categorias de produtos em cada um deles.

Ao todo, 654 itens foram monitorados. Entre eles celulares, fogões, geladeiras, videogames, televisões, notebooks, aspiradores de pó, lavadoras de roupas, smart speakers, micro-ondas e fritadeiras elétricas.

O objetivo do Procon-RJ é verificar se as grandes varejistas on-line vão praticar a chamada maquiagem de preços, ou seja, elevar os valores cobrados em alguns produtos para, durante o período promocional, retornar aos preços aplicados antes, sem desconto real. 

Leia Também

Para ver a lista completa de produtos com os preços monitorados basta  clicar aqui.

Maquiagem de preços e multa

Caso seja identificado indício de maquiagem de preços, serão instaurados processos administrativos, e os estabelecimentos poderão ser multados.

“O tema principal das denúncias que recebemos no período da Black Friday é em relação à maquiagem de preços. Consumidores relatam que as empresas aumentam os preços dos produtos antes da Black Friday e, depois, voltam ao preço original para dizer que o item está em promoção”, observou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

“O Procon-RJ está de olho neste tipo de prática abusiva, e o monitoramento está sendo realizado para constatar se estas irregularidades serão cometidas”.

Nesta sexta-feira, dia que acontece o evento, um novo levantamento será realizado, para apurar os preços praticados durante a promoção.

Veja também

© Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

São Paulo registra queda em casos de HIV pelo quarto ano seguido

© Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC

São Paulo mantém exigência do uso de máscaras em ambientes abertos

Periodo-aberto-para-a-Pre-Matricula-da-Rede-Estadual-1

Período aberto para a Pré-Matrícula da Rede Estadual

107614

Bolsonaro sanciona lei de programa de crédito para micro e pequenas empresas

107612

Castro recompõe em 10% salário de servidores e custo deve ser de R$ 2,9 bi

© 28/10/2021/Fernando Frazão/Agência Brasil

Brasil tem 11,4 mil novos casos de covid-19 e 283 mortes em 24 horas

Funcionamento_de_bares_esta_proibido_e_comercio_tera_restricoes_em_Domingos_Martins

Comércio de Domingos Martins terá sorteios de produtos e prêmios em dinheiro no “Natal Premiado 2021”

© REUTERS / Sergio Moraes/Direitos Reservados

Covid-19: Rio de Janeiro amplia exigência de certificado de vacinação