Jornalista Glória Maria morre no Rio de Janeiro

Publicado em 02/02/2023 às 16:50

Compartilhe

Jornalista-Gloria-Maria-morre-no-Rio-de-Janeiro

Reprodução/Instagram

Profissional da Globo estava internada para tratar metástases cerebrais

A jornalista Gloria Maria morreu, nesta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro, aos 73 anos. Gloria estava internada no hospital Copa Star, no Rio de Janeiro (RJ), para tratar um câncer. A morte foi confirmada pela Globo. 

Gloria Maria foi diagnosticada com um câncer de pulmão em 2019. Ela passou por um tratamento de imunoterapia que, na época, foi concluído com sucesso. Após o tratamento, Gloria sofreu uma metástase no cérebro, que também foi tradada com êxito através de uma cirurgia. Porém, em 2022, a jornalista começou a nova fase do tratamento contra metástases no cérebro e o tratamento deixou de fazer efeito.

Glória deixa duas filhas, Laura, de 15 anos, e Maria Matta da Silva, de 16. A jornalista estava afastada da TV desde o segundo semestre de 2022. A profissional da Globo apresentou uma longa carreira na televisão e é considerada um dos ícones da área. Na emissora desde 1971, trabalhou como repórter e apresentou o “Fantástico” entre 1998 a 2007. Desde 2010, atuava com o “Globo Repórter”. 

Gloria Maria ainda foi a primeira repórter a entrar ao vivo numa transmissão a cores na TV brasileira. O marco aconteceu durante o Jornal Nacional.

Vida e obra de Gloria Maria

Gloria Maria Matta da Silva nasceu no Rio de Janeiro, em 15 de de agosto de 1949. Filha de Cosme Braga da Silva e Edna Alves da Matta, Gloria sempre se destacou nos colégios públicos em que estudou.

Ela estudou jornalismo na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio). Estreou na Globo, como repórter, em 1971, em uma época que os profissionais não apareciam no vídeo. A jornalista passou por RJTV, Bom Dia Rio e Jornal Hoje.

Colecionando marcos na TV, Gloria Maria foi a primeira repórter a aparecer ao vivo no Jornal Nacional. Ela também cobriu a guerra das Malvinas, em 1982, e a Copa do Mundo da França, em 1998.

A jornalista cobriu a posse Jimmy Carter em Washington, entrevistou chefes de estado, viajou mais de 100 países e deixou o nome escrito na história do “Fantástico”, tradicional revista eletrônica da Globo, com entrevistas com Maddona, Leonardo Di Caprio e Nicole Kidman.

Fonte: Portal iG

Veja também

agro-28-05-ft-divulgacao-seag

Governador abre a colheita do café arábica em Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A comemoração dos 489 anos de Vila Velha teve show de inclusão e do Alemão do Forró

turismo-28-05-ft-divulgacao-setur

Projeto transforma Estrada de Ferro Leopoldina em polo turístico no Espírito Santo

mundo-27-05-ft-FRT-papa-guine

Mais de 2.000 foram soterrados em deslizamento em Papua-Nova Guiné

mat-paga-mundo-27-05

Dicas Infalíveis para Encontrar o Melhor Site de Poker: Uma Análise Profunda

politica-27-05-ft-Tania-Rego

Senado retoma debate de PEC que pode privatizar praias

brasil-27-05-ft-Rafa-Neddermeyer-alunos-enem

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

mat-paga-27-05-Sebrae

Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora: conheça os vencedores