Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) abre concurso com 52 vagas

Publicado em 02/01/2024 às 10:54

Compartilhe

concurso-02-01-freepik

O Governo do Estado publicou, na última sexta-feira (29), no Diário Oficial do Estado, o edital para o concurso público do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), que prevê a contração imediata e o cadastro de reserva para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuário e Técnico de Fiscalização e Desenvolvimento Agropecuário. As oportunidades são para candidatos com Ensino Superior (17 vagas) e Ensino Médio – técnico (35 vagas), respectivamente.

O governador do Estado, Renato Casagrande, destacou que o objetivo do processo seletivo é fortalecer o quadro técnico do Idaf, que presta relevante serviço na proteção dos recursos naturais e de defesa agropecuária. “Neste momento, serão mais 52 profissionais para o órgão, que serão distribuídos por todo o Estado para fortalecer o sistema agrícola, contribuindo para a oferta de entregas ainda mais céleres à sociedade”, pontuou Casagrande.

“O Idaf tem como principal objetivo garantir a qualidade dos produtos agrícolas e a sustentabilidade dos processos de produção, por meio dos serviços de defesa, inspeção, fiscalização e parte de licenciamentos ambientais ligados à agropecuária. Portanto, esse reforço institucional do órgão abre e fortalece os processos de comercialização que são imprescindíveis na melhoria da renda das famílias rurais”, salientou o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

O diretor-presidente do Idaf em exercício, Eduardo Chagas, esclareceu que, nos últimos anos, houve defasagem de profissionais, seja por aposentadoria ou pedidos de exoneração, havendo necessidade de recomposição dessas vacâncias. “O concurso público favorece a continuidade dos serviços do Idaf”, frisou.

Desde que, com o diretor-presidente do Idaf, Leonardo Monteiro, foi levado até o governador Renato Casagrande a necessidade do concurso público, prontamente o governador deu início aos trâmites para o certame ser realizado ainda este ano. Além do fortalecimento do Idaf, que é um órgão muito importante para os capixabas com o trabalho de saúde única e defesa do meio ambiente, é também mais uma oportunidade que o Governo está dando para gerar emprego e renda no nosso Estado”, disse Eduardo Chagas.

Vagas

As vagas de fiscal poderão ser preenchidas por profissionais com formação superior em Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Engenharia Cartográfica/Agrimensura, Geografia, Engenharia Química, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos e Química. Já para o nível técnico haverá vagas para os formados em Agropecuária, Cartografia, Agrimensura, Geomática, Geoprocessamento e Laboratório.

A remuneração dos cargos será de R$ 6.911,73 para fiscal e R$ 3.505,95 para técnico, mais auxílio-alimentação de R$ 600,00 para ambos os cargos.

A banca organizadora do concurso é o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib).

O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado e nos sites do Idib e do Idaf, onde poderão ser consultadas as informações completas sobre o processo seletivo, como datas e locais de prova, conteúdo programático, prazos, entre outras.

Para acessar o edital clique aqui.

Fonte: Idaf/ Foto: Freepik

Veja também

agro-22-04-freepik-cafe

Prêmio CNA Brasil Artesanal abre inscrições para concurso de cafés especiais torrados

mundo-22-04-vt-Reproducao-AFP

Coreia do Norte dispara mísseis balísticos de curto alcance

mat-paga-22-04-mundo1

Bingo Don Bingote: Revivendo um Clássico com um Toque Moderno

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-3

A Inclusão das Pessoas com Deficiência Visual

geral-22-04-ft-divulgacao

Donos de veículos afetados pelas chuvas em Apiacá e Mimoso do Sul não precisarão pagar IPVA e Licenciamento Anual 2024

agro-22-04-ft-favesu

Venda Nova se prepara para a 7ª edição da maior feira de avicultura e suinocultura capixaba FAVESU

brasil-22-04-fi-reprocucao-x

Supremo nega suspensão de multa do TSE a Bolsonaro

mat-paga-22-04-brasil-3

Os melhores serviços para impulsionar o Instagram: minha experiência pessoal