Inscrições abertas para oficinas pedagógicas do Festival de Inverno

Publicado em 18/06/2023 às 15:30

Compartilhe

Inscricoes-abertas-para-oficinas-pedagogicas-do-Festival-de-Inverno

Estão abertas até o próximo dia 20 de junho (terça-feira) as inscrições para as oficinas pedagógicas do 28º Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins (ES), que acontecerá de 14 a 23 de julho. A taxa é de R$ 60,00 e pode ser paga por Pix. As oficinas serão realizadas de 17 a 21 de julho em Campinho, Sede do município.

O objetivo do Festival é incentivar e apoiar estudantes e profissionais da música, como instrumentistas, compositores, regentes, educadores e intérpretes. Serão oferecidas bolsas de estudo integrais ou parciais para até 200 alunos brasileiros e estrangeiros nos cursos de instrumento, regência e prática de conjunto. As oficinas de musicalização infantil serão gratuitas para os alunos da comunidade de Domingos Martins.

O festival terá uma estrutura pedagógica dividida em quatro programas: Música Erudita, Música Popular, Prática de Conjunto e Musicalização Infantil. Os candidatos devem realizar inscrições separadas para cada oficina desejada, obedecer às regras específicas de cada instrumento e enviar material audiovisual com repertório de livre escolha.

Cada aluno pode se inscrever em uma oficina de instrumento/canto e uma prática de conjunto. A coordenação pedagógica do Festival poderá realocar os inscritos em grupos que necessitem de participantes. A escolha dos alunos para as práticas de conjunto será feita com base na avaliação das inscrições e vídeos enviados.

Os alunos devem ter conhecimento técnico do instrumento, leitura musical e levar seu próprio instrumento e materiais necessários para as oficinas. Para as apresentações em conjunto, é necessário trazer calça e sapatos pretos, combinados com a camisa do Festival fornecida aos participantes.

Oficinas e professores

Para se inscrever nas oficinas de instrumento/canto, é necessário preencher a ficha de inscrição on-line e hospedar vídeos no YouTube com obras de livre escolha. Cada candidato deve enviar de dois a três vídeos e conceder à Prefeitura de Domingos Martins uma licença para utilização das imagens e áudios enviados.

O curso de regência também possui inscrições específicas, com orientações disponíveis no site do festival https://www.festivaldeinvernodm.com.br/. A lista de aprovados será divulgada até o dia 30 de junho. O pagamento do boleto deve ser feito até 06 de julho.

Professores renomados potencializam o evento

O Festival de Inverno de Domingos Martins está trazendo uma equipe de 14 talentos e experientes professores para ministrar as oficinas pedagógicas deste ano. Um time de especialistas em diferentes áreas da música (Confira abaixo), que trará conhecimento e habilidades para enriquecer o evento.

Com ampla experiência em atuações, composições, regência e educação musical, os professores oferecerão uma variedade de oficinas abrangendo diversos estilos e técnicas. Os participantes terão a oportunidade de aprender e aprimorar suas habilidades musicais.

Oficinas e professores

A secretária Municipal de Cultura e Turismo, Rejane Entringer Ewald, destaca que a parte pedagógica é a essência do Festival de Inverno de Domingos Martins. “A parte pedagógica é a essência do nosso Festival. Todos os 14 professores têm reconhecimento nacional e internacional. São grandes mestres da música, que farão toda diferença, atraindo alunos de todo o país”.

A coordenação pedagógica do evento ficará sob o comando do maestro Eduardo Lucas, com vasta experiência no Projeto Vale Música Serra e na Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames). Para ele, o Festival de Inverno de Domingos Martins é um marco histórico da cultura no Espírito Santo e no Brasil. “O evento sempre apresenta atrações artísticas de grande impacto, e as oficinas são seu principal destaque. O Festival de Inverno de Domingos Martins é formativo, o que o torna único no Espírito Santo”.

O maestro destaca que, além de todas as atrações da programação, a cidade recebe, em média, 500 jovens músicos de todas as regiões do Espírito Santo e do Brasil. Durante uma semana, os participantes vão se aprofundar nos estudos técnicos dos seus instrumentos e realizar trocas significativas com professores renomados. A Orquestra Infantil é exclusiva para os alunos que participaram da Orquestra de Papel em 2022.

“Em 2023, estamos dando um passo adiante, investindo muito na prática musical e no acompanhamento do desenvolvimento dos alunos. Além disso, estamos investindo na nova geração de artistas de Domingos Martins com o Programa de Musicalização Infantil, incluindo a Orquestra de Papel e a Orquestra Infantil. Nosso foco é a excelência e proporcionar a cada um de nossos alunos um ambiente propício para a aprendizagem musical, de modo que suas vidas sejam marcadas pela experiência do Festival de Inverno de Domingos Martins”, finaliza Eduardo Lucas.

O Festival Internacional de Música Erudita e Popular é uma realização do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, com organização da Prefeitura de Domingos Martins, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Patrocínio de Banestes, Cesan, Sebrae, Sesc, E&L, HCX e Grupo Coroa. Apoio da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames).

Conheça o time de professores desta edição!

Oficinas e professores

Bia Goés (SP) – Canto popular e Coro cênico- É cantora, pedagoga e preparadora vocal paulista que ministra a oficina “Filtros da Canção”. Com foco no ensino de canto MPB/Jazz, a oficina proporciona uma imersão musical e explora as semânticas do canto na relação com a palavra. Bia busca preparar os cantores para atuarem em diferentes estilos, desenvolvendo técnicas e expressões variadas, visando uma voz flexível, saudável e com identidade. A oficina já circulou por diversos festivais de música, como o de Itajaí, Oficina de Música de Curitiba e Femucic.

Oficinas e professores

Bruno Migotto (SP) – Contrabaixo elétrico e Jazz combo- Contrabaixista, compositor e educador de Campinas (SP), começou a tocar contrabaixo aos 11 anos e estudou na faculdade de música Souza Lima & Berklee, conveniada ao conceituado curso da Berklee College of Music em Boston (EUA). Ao longo de sua carreira, ele tocou com diversos artistas renomados, gravou vários discos e se apresentou em festivais e clubes de jazz ao redor do mundo. Bruno também é um professor experiente e já participou de importantes festivais de música no Brasil. Saiba mais em: www.brunomigotto.com

Oficinas e professores

Bruno Soares (ES) – Violão erudito e popular e Orquestra de Violões- É violonista/concertista premiado, professor e arranjador. Com formação acadêmica sólida e participação em cursos e masterclasses com renomados músicos, obteve êxito em diversos concursos. Autor de um livro e arranjador de obras musicais, Bruno também se destaca como concertista, difundindo o repertório de compositores capixabas. Com 20 anos de carreira, atualmente se dedica ao ensino musical e artístico, além de coordenar um projeto de orquestra de violões em escolas públicas do Espírito Santo. Mais em: www.brunosoaresguitar.com

Oficinas e professores

Cláudio Dauelsberg (RJ) – Piano erudito e popular e Jazz combo- É um renomado pianista, arranjador, compositor e professor da Unirio. Com uma extensa discografia e participação em importantes festivais e teatros ao redor do mundo, ele é reconhecido por suas inovações e exploração de ritmos brasileiros em suas composições. Além disso, é o idealizador e diretor artístico do grupo PianOrquestra, que se destaca por suas performances únicas com um piano tocado por dez mãos.

Oficinas e professores

Cristiano Costa Madeiras (ES) – Flauta transversal, clarinete, saxofone erudito, oboé e fagote- É um clarinetista natural de Niterói (RJ). Formado em Música pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, participou de diversos festivais e cursos com renomados professores internacionais. Como solista, Cristiano se apresentou à frente de várias orquestras, incluindo as sinfônicas Brasileira Jovem e do Espírito Santo. Ele também foi vencedor de concursos e participou de masterclasses nos Estados Unidos e Argentina. Atualmente, é líder do naipe de clarinetes da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo e regente da Banda Jovem.

Oficinas e professores

Daniel Enache (ES) – Violoncelo/contrabaixo- É natural de São Paulo e radicado em Belo Horizonte. Professor de violoncelo na Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), possui vasta experiência como camerista, apresentando-se em diversas salas de concerto do país. Além disso, atuou em várias orquestras, como a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo e a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Daniel também tem um background acadêmico, graduado em Música/Bacharelado e Música/Licenciatura, além de especialista em Psicologia Educacional.

Oficinas e professores

Eliseu Barros (MG) – Violino/viola e Orquestra Sinfônica- Nascido em Lavras (MG), é músico com formação em violino e ampla experiência como professor, violinista e violista. Ele atuou como músico convidado em diversas orquestras e participou de projetos musicais, como o Quarteto Mineiro de Cordas. Além disso, Eliseu também se dedica à regência de orquestras e é arranjador musical. Atualmente, é diretor artístico pedagógico e regente de duas orquestras jovens em Minas Gerais.

Oficinas e professores

Igor Willcox (SP) – Bateria e Jazz combo- Nasceu em 6 de janeiro de 1981 em São Paulo. É baterista e compositor conhecido, vindo de uma família de músicos talentosos. Começou a tocar bateria aos 14 anos e estudou com renomados professores. Colaborou com vários artistas nacionais e internacionais, incluindo Jimmie Bo Horn, Guilherme Arantes, Família Lima, Anitta e Daniela Mercury. Tocou e gravou com grandes nomes do jazz e da música brasileira. Seu quarteto tem se destacado, com apresentações em prestigiosos clubes e festivais de jazz no Brasil e no exterior e lançamento de vários álbuns. Mais em: www.igorwillcox.com

Oficinas e professores

Marcelo Coelho (SP) – Sopros popular e Jazz combo- Renomado saxofonista e compositor, possui carreira multifacetada como instrumentista, educador e pesquisador musical. Ele atuou ao lado de músicos de jazz internacionalmente reconhecidos e artistas brasileiros de renome, além de liderar diversos projetos musicais. Sua trajetória acadêmica inclui um pós-doutorado em composição pela USP e trabalhos de pesquisa sobre polirritmia. Coelho também teve a honra de estrear como solista em concertos sinfônicos. Sua música original e suas improvisações coletivas são destacadas em seus trabalhos contemporâneos.

Oficinas e professores

Marcelo Jardim (RJ) – Regência e Jazz combo- É diretor artístico e vice-diretor da Escola de Música da UFRJ, professor de Regência de Banda e Prática de Orquestra, e diretor musical da Orquestra de Sopros da UFRJ. Possui doutorado em Práticas Interpretativas, é coordenador geral da parceria Arte de Toda Gente e consultor artístico dos Painéis Funarte de Bandas de Música. Jardim mantém uma agenda ativa como regente convidado e professor em diversos países.

Oficinas e professores

Marcos dos Anjos (SP) – Metais- trompa, trompete, trombone, eufônio e tuba- Iniciou seus estudos musicais aos 13 anos e recebeu orientação de renomados professores. É vencedor de concursos de jovens solistas e atua como professor em festivais de música pelo Brasil. Anjos também é solista de diversas orquestras e já se apresentou com grupos conhecidos internacionalmente. Ele ocupou o cargo de tuba solista na Osesp por 17 anos e atualmente ministra cursos e masterclasses, além de ser consultor técnico e artista da HS Musical.

Oficinas e professores

Monalisa Toledo (ES) – Orquestra de Papel e Orquestra Infantil- É uma talentosa violoncelista, cantora e educadora musical bilíngue, nascida em Poços de Caldas (MG). Iniciou seus estudos no violoncelo em 2005 e participou de importantes projetos musicais, como o “Tocar y Luchar” (El Sistema) e a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo. Além de lecionar como professora de violoncelo no Projeto Social Música na Rede, também atua como educadora musical bilíngue na Maple Bear Vila Velha. Com especialização em Artes na Educação e Libras, Monalisa está atualmente cursando mestrado em Educação Musical na Universidade Federal de São João Del Rei.

Oficinas e professores

Nelson Faria (RJ) – Guitarra e Big Band- Nascido em Belo Horizonte, em 1963, é um respeitado músico brasileiro. Autor de oito livros didáticos, tem uma extensa discografia com 18 CDs, 1 DVD e 1 videoaula. Faria também participou de mais de 200 gravações como músico e arranjador. Ele é conhecido como o apresentador do programa “Um café lá em casa”, no YouTube, e coordenador pedagógico de um curso de música on-line. Além disso, Faria se apresentou em diversos países e festivais de jazz ao redor do mundo.

Oficinas e professores

Pedro Sá (RJ) – Percussão erudita e popular- Timpanista reconhecido internacionalmente com uma carreira de quase quatro décadas. Desde 2002, é timpanista solista na renomada Orquestra Petrobras Sinfônica. Pedro teve o privilégio de estrear mundialmente o Concertante para Tímpanos e Orquestra de Dimitri Cervo, dedicado a ele. Além de performances com a orquestra, já se apresentou ao lado de grandes nomes da música clássica, como Luciano Pavarotti e Plácido Domingo. Além de músico, é professor adjunto de percussão na Escola de Música da UFRJ e pesquisador associado/consultor da Percussão no Museu Instrumental Delgado de Carvalho. Também é membro fundador do Duo Sá de Percussão, que já se apresentou em prestigiosos eventos internacionais, como a Pasic. Mais em: http://www.duosadepercussao.com/pedro-sa.html

Inscrições para o Festival de Inverno de Domingos Martins
Site: www.festivaldeinvernodm.com.br
Oficinas pedagógicas: até 20 de junho. Taxa: R$ 60
Palco Livre: até 05 de julho. Gratuitas

Atrações musicais confirmadas:
*A programação completa será divulgada em breve!

Sexta – Dia 14 de julho
Concerto da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) com Wagner Tiso (piano)
Sandrera, Zé Geraldo e Landau

Sábado – Dia 15 de julho
Fames Jazz Band
Orquestra de Violões Cordas e Acordes
Nano Vianna
Sylvinho Blau Blau

Quinta-feira – Dia 20 de julho
Orquestra Pop Jazz Ifes
Fernanda Abreu e Macacko

Sábado – Dia 22 de julho
Orquestra vale música
Banda Sinfônica Vale Música

Domingo – Dia 23 de julho
Banda da Polícia Militar

Coloque na agenda!
28º Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins

Data: 14 a 23 de julho de 2023
Local: Campinho – Domingos Martins (ES)
*Mais informações: www.festivaldeinvernodm.com.br

Veja também

Drymoluber-brazili_ThiagoMarcial-capa-2

Espécies raras de cobras são redescobertas no Espírito Santo depois de décadas

agro-04-03-incaper

Incaper e parceiros vão promover eventos para valorização e empoderamento da mulher rural

capa-coluna-vida-saudavel

Epidemia de obesidade afeta mais de 62,6% das mulheres no Brasil

mundo-04-03-Divulgacao-UNRWA

Israel aceita acordo de cessar-fogo por seis semanas, diz EUA

policia-04-03-Ayrton-Freire-Inter-TV-Cabugi

Fugitivos de Mossoró invadem galpão de fazenda e polícia faz cerco

dengue-ms

Espírito Santo recebe lançamento de campanha nacional contra a dengue

cafe-conefora

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

agropecuaria

Crescimento da economia brasileira é impulsionado pela alta de 15% da agropecuária em 2023