Incaper orienta sobre medidas para evitar estresse térmico em bovinos

Publicado em 06/02/2024 às 09:31

Compartilhe

agro-06-02-Incaper

Com o forte calor, típico do Verão, criadores de bovinos precisam redobrar os cuidados com o estresse térmico dos animais. A combinação de altas temperaturas, umidade e radiação solar intensa dificulta a dissipação do excesso de calor corporal, resultando em condições prejudiciais para a saúde e produtividade dos gados.

“Esse tipo de estresse desencadeia respostas comportamentais e fisiológicas, incluindo aumento da frequência respiratória, redução do consumo de alimentos, diminuição da eficiência alimentar, fertilidade comprometida e supressão do sistema imunológico”, alerta o extensionista do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica Extensão Rural (Incaper), Renan Fonseca, lotado na Fazenda Experimental Bananal do Norte, em Cachoeiro de Itapemirim.

Com o objetivo de orientar os produtores nesse período, o extensionista enumerou algumas medidas e precauções para mitigar o estresse térmico em bovinos.

Forneça sombreamento adequado

Aposte em árvores, toldos ou abrigos para proporcionar sombra adequada. Isso ajuda a reduzir a exposição direta ao sol e minimiza o estresse térmico.

Disponibilize água de qualidade e em quantidade suficiente

Mantenha bebedouros limpos e forneça água fresca em quantidade suficiente para garantir a hidratação adequada dos animais.

Ajuste as dietas nutricionais

Adapte as dietas para incluir alimentos que liberem menos calor durante a digestão. Isso pode envolver a inclusão de alimentos mais fibrosos e ajustes nos horários de alimentação.

Manejo adequado do pastejo

Permita o acesso a pastagens durante as horas mais frescas do dia e limite o pastejo durante os períodos mais quentes. Isso ajuda a evitar que os animais se exponham ao calor excessivo enquanto se alimentam.

Manejo do ambiente

Ventilação adequada em instalações fechadas pode ajudar a reduzir o acúmulo de calor. Ventiladores e nebulizadores podem ser usados em galpões para melhorar a circulação de ar.

Banho ou aspersão

Use aspersores ou outros métodos para banhar os animais. Isso ajuda a resfriar o corpo dos bovinos.

Manejo adequado durante o transporte

Evite transportar animais durante os períodos mais quentes do dia. Se o transporte for inevitável, garanta ventilação adequada no veículo e evite superlotação.

Programação adequada de atividades

Realize atividades intensivas, como alimentação e manejo, nas horas mais frescas do dia, para minimizar o estresse térmico.

Monitoramento da saúde

Esteja atento aos sinais de estresse térmico, como respiração rápida, salivação excessiva, prostração e aumento da frequência cardíaca. Trate imediatamente os animais afetados.

Manutenção de áreas de descanso secas e limpas

Garanta que as áreas de descanso estejam secas e limpas para evitar o acúmulo de calor e proporcionar um ambiente mais confortável.

“Adotar uma abordagem holística, que combine várias dessas práticas, pode ser mais eficaz na redução do estresse térmico. É importante ajustar as medidas de acordo com as condições específicas da região e as características da criação de gado”, frisa Renan Fonseca.

Fonte/ Foto: Incaper

Veja também

mundo-24-04-ft-JIM-WATSON

EUA promete enviar ajuda militar à Ucrânia nas próximas horas

politica-24-04-freepik-arma

Projeto quer estabelecer multa para crimes com arma de fogo

agro-24-04-ft-Arquivo-Paulo-Cordeiro

Agricultores familiares acessam políticas públicas de comercialização e melhoram renda com apoio do Incaper

geral-24-04-ft-div

Projeto Jovem Perito da Polícia Científica está com agenda de 2024 aberta

saude-24-04-ft-freepik

Lacen confirma circulação de Febre do Oropouche no Espírito Santo

geral-23-04-Foto-Osvaldo-Paula-Galote-Junior

Dia Mundial do Livro: leitura transformou a vida de um jovem em Domingos Martins

geral-23-04-ft-div

Programa Acredita começa hoje e prevê facilidade aos MEIs em negociação de dívidas

geral-23-04-ft-div-gov-es

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza