Governo quer PEC dos Precatórios aprovada no Congresso até 20 de novembro

Publicado em 09/11/2021 às 13:50

Compartilhe

104119


source
Governo quer PEC dos Precatórios aprovada pelo Congresso Nacional até dia 20 de novembro
Agência Brasil

Governo quer PEC dos Precatórios aprovada pelo Congresso Nacional até dia 20 de novembro

O governo alerta que há o risco de não conseguir pagar o Auxílio Brasil turbinado de R$ 400 em dezembro, caso haja atraso na aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), no Congresso. Por questões operacionais, o prazo máximo com o qual o Ministério da Cidadania trabalha é 20 de novembro, segundo técnicos da pasta.

Caso, a votação não seja concluída nesse prazo, as famílias deverão receber apenas o aumento de 17,84% no valor médio do benefício, a partir de 10 de dezembro. O universo de famílias beneficiadas também deverá ser mantido em 14,6 milhões. O plano do governo é ampliar para 17 milhões.

Em dezembro, o calendário de pagamento do benefício, que substitui o Bolsa Família, começa mais cedo por conta do Natal. Geralmente, ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Leia Também

Diante das incertezas e dificuldades do governo em aprovar a PEC, o Ministério da Cidadania pagará apenas o aumento no valor médio do benefício, neste mês. O calendário de pagamento começará no dia 17 de novembro e será automático. Ou seja, as famílias não precisam se recadastrar no Cadastro Único (CadÚnico).

A votação da PEC, em segundo turno, pela Câmara dos Deputados, prevista para essa terça-feira, é considerada decisiva pelo governo. O texto ainda precisa passar pelo Senado.

Contudo, um eventual recuo parlamentares do PDT que ajudaram a aprovar a PEC em primeiro turno, na semana passada, preocupa o governo. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) quer aprovar a matéria com placar superior aos 312 votos obtidos.

Na avaliação do Planalto, um placar mais folgado daria uma sinalização importante para a votação da PEC no Senado. Mas há dificuldades para compor uma ampla maioria e concluir a votação na Câmara.

Veja também

© 01/09/2021/Rovena Rosa/Agência  Brasil

Covid-19: Brasil registra 259 mortes e 83,3 mil novos casos

© Érico Filipe/EBC

Queiroga diz que prioridade é ampliar vacinação contra covid-19

© Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

Eliminatórias: Brasil inicia preparação para jogo contra Equador

© Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil

STF determina prisão domiciliar para Roberto Jefferson

114082

Bolsonaro troca social por eleitoral no Orçamento, dizem especialistas

© Tony Heff

Surfe: Medina anuncia que não disputará 1ª etapa do Circuito Mundial

© REUTERS/Alberto Lingria/direitos reservados

Técnico Roberto Mancini convoca brasileiros para a seleção Italiana

© Matsui Mikihito/CPB/Direitos Reservados

Coluna – Pandemia ainda desafia planejamento do ciclo paralímpico